Custo de vida na Itália 2023: gastos, burocracia e detalhes da vida italiana

Fernanda olhando para tras em frente ao arco de Milão
Last updated:

This post is also available in: English

Desde que nos mudamos para Parma, na Itália, muita gente nos procura para saber qual o custo de vida na Itália. Agora que completamos mais de um ano de casa e todas as contas chegaram, podemos finalmente passar os valores e informações.

Tentamos fazer este texto sobre o quanto custa morar na Itália (valores atualizados para 2023) o mais descritivo e completo possível, para tirar todas as dúvidas de quem está planejando se mudar para cá. Mas se você não estiver interessado em detalhes, a gente já te adianta: gastamos 1600 euros por mês para morar na Itália (gastos para um casal).

*Talvez possa te interessar:

Vista de cima de Vernazza com as casas e a praia
Um paraíso italiano chamado Cinque Terre

A relação entre a Itália e nós

Por que decidimos morar na Itália?

Depois de dois anos dando uma volta ao mundo, surgiu a oportunidade de reconhecer a cidadania italiana da Fê (o Tiago já tem a dele desde criança). O nosso dinheiro da viagem estava acabando e já estávamos planejando fixar residência em algum lugar por um tempo, para conseguir colocar a vida em ordem (abrir nossa produtora audiovisual e organizar todo o material da volta ao mundo).

Além do mais, sempre tivemos o sonho de um dia morar na Itália, aprender a língua e nos aproximar da cultura…. enfim, tudo se encaixou perfeitamente e pra cá nos mudamos!

Vista do Palazzo della Pilota com árvores na frente

Porque escolhemos morar em Parma

Escolhemos Parma porque o Tiago tem uma prima (muuuuito distante) que mora aqui e poderia nos dar auxílio com a língua na questão burocrática da cidadania italiana. Parma é uma cidade bastante rica (menos do que costumava ser, mas ainda bastante próspera se comparada a outras da Itália), localizada na região da Emília-Romagna. Ela é conhecida como a capital gastronômica da Itália (alguns dirão da Europa, mas a gente não ousaria chegar tão longe).

Nós nos apaixonamos por Parma desde a primeira vez que a conhecemos. A cidade é pequena, linda, toda conservada, tem uma faculdade bastante famosa e por isso é um pouco agitada, as pessoas têm qualidade de vida, há vários eventos culturais… enfim, gostamos de tudo mesmo.

Não esqueça de seguir nossa página no Instagram e Youtube para mais novidades sobre a Itália e o mundo. Ah, agora também temos o podcast Moradores do Mundo, onde falamos sobre viagem e nomadismo digital!

Rua de Parma com o batistério ao fundo e tiago com seus primos

Como é morar na Itália: a vida italiana

A cultura e estilo de vida na Itália podem mudar bastante de norte para sul, de leste para oeste, de montanha para o mar, então não dá para generalizar, mas aqui vai a opinião de quem mora em uma cidade no norte do país, pequena e bem desenvolvida.

A qualidade de vida na Itália é muito boa. As pessoas são simpáticas, as coisas funcionam relativamente bem (transporte, segurança, saúde), o ritmo é bem menos frenético do que em Londres (onde morávamos) e come-se maravilhosamente bem com pouco dinheiro. Era tudo o que estávamos procurando para esse período de nossas vidas, então realmente não temos do que reclamar.

Gostamos tanto de morar na Itália que o plano inicial era passar apenas três meses, mas acabamos ficando um ano.

De qualquer maneira, essa é nossa mera opinião e o assunto “como é viver na Itália” é um tanto quanto subjetivo.

Vista das casas coloridas de Parma do outro lado do rio
Oltretorrente – o lado de lá do rio de Parma

Tá, legal… mas e aí? Qual é o custo de vida na Itália?! 

Bom, agora que já explicamos “por que” e “o que” estamos fazendo aqui, vamos logo ao que interessa: qual é o custo de vida na Itália!

Os valores a seguir são referentes às nossas despesas, mas conversamos com alguns conhecidos que moram em outras cidades da Itália e percebemos que os nossos gastos correspondem à média nacional.

  • Ps1: Cidades maiores e mais turísticas são mais caras, ou seja, o custo de vida em Milão, Florença (Firenze), Roma, Bologna, entre outras, será maior. Se seu plano é morar em alguma delas, aconselho acrescentar pelo menos 600 euros a nossa conta final;
  • Ps2: As cidades mais baratas da Itália para viver são aquelas localizadas ao sul da bota. Outra dica para quem quer economizar é optar pelas cidades menores;
  • Ps 3: Todos os valores correspondem as despesas de um casal (quer saber quem somos, clica aqui!).
  • Ps4: Custo de vida é algo relativo. Tem gente que gasta mais e gente que gasta menos. Depende do seu estilo de vida. Este texto deve servir apenas como referência.
  • Ps5: Temos recebido mensagens de idosos perguntando se morar na Itália aposentado é uma boa. Apesar desta questão ser bastante pessoal, acreditamos que a Itália seja uma ótima pedida para quem esteja buscando um local tranquilo e com bom custo-benefício para se aposentar.
Uma estátua de um papa em Fontanellato na Itália em frente a uma igreja
Visitando a cidade de Fontanellato

Quanto custa o aluguel na Itália

  • Valor: 550 euros/mês (apartamento de um quarto);
  • Contrato de aluguel: 80 euros (pago uma única vez, já que tivemos que legalizar o documento em um escritório específico).

Como quase tudo no país, alugar uma casa para morar na Itália é um processo bastante burocrático. Muitas agências pedem o mínimo de dois anos de contrato (!). Nós só queríamos por três meses e tivemos bastante dificuldade em encontrar um lugar. A nossa sorte foi que uma conhecida trabalhava em uma imobiliária e tinha um apartamento que poderia ser alugado por curtos períodos. Pagamos os três meses adiantados e deu tudo certo.

A localização é ótima, no centro histórico de Parma e o apê veio todo mobiliado. Apesar de pequena, é super confortável e somos só amor pela nossa casinha.

Fernanda apontando para as campainhas do prédio com os nossos sobrenomes em uma delas
O primeiro endereço fixo, depois de dois anos de vida nômade, a gente não esquece

* Se você estiver com dificuldades de encontrar uma casa para alugar na Itália por curto período, aqui algumas dicas:

    • Converse com os locais para ver se alguém tem um quarto para alugar.
    • AirBnb: conhecemos várias pessoas que para burlar a burocracia italiana, optaram por AirBnb. (é uma boa, mas sai bem mais caro – no mínimo 600 euros/mês)
    • Se o seu intuito for apenas experienciar a vida italiana, por que não buscar algo no Workaway, Helpx e Worldpackers (ganhe R$50 de desconto no cadastro deste último usando o código “MondayFeelingsWP”)?
Se for alugar um apê novo, leve em consideração que a maioria vem completamente pelado – tipo, sem chuveiro! E você terá que investir nos móveis e infraestrutura básica.
A frente de uma das casas do centro de Parma bem colorida e cheia de flores penduradas
Casas típicas do centro histórico de Parma

Internet na Itália

– Valor: 60 euros/mês

– Roteador + instalação: 50 euros + 25 euros (pago apenas uma vez).

Há majoritariamente quatro empresas de telefonia/internet na Itália:

  • Vodafone
  • Tim
  • Three
  • Wind

Ouvimos falar muito mal do sinal da Tim e da Wind, mas ainda assim optamos pela internet da Wind e estamos satisfeitos.

*Atualização: quando fomos cancelar nossa conta com a Wind tivemos problemas sérios. Eles não estão cumprindo o que está especificado no nosso contrato e agora estão nos cobrando 80 euros para desativarem a linha. Conversando com outras pessoas, descobrimos que esse tipo de problema é recorrente, então, fique esperto.

Vista da praça principal de Parma a noite com Tiago e Fernanda na frente do duome de Parma e do Batistério

Também pode te interessar: 

Plano de Celular na Itália

  • Valor: 30 euros/mês (3 GB de internet + ligações).

Essa promoção só é válida para um pacote de três meses. Ou seja, no total pagamos 45 euros para três meses de plano.

Nossa operadora é a Vodafone, que conhecíamos de Londres. Nunca tivemos problemas.

Tiago em frente ao lago do Parco Ducale olhando para tras
Tiago no Parque Ducale

Supermercado na Itália

– Valor: 500 euros/mês

Nós quase nunca comemos em restaurante porque achamos que cozinhar em casa é uma das melhores maneiras de manter o orçamento baixo. Em compensação, compramos bastante comida e de boa qualidade e o que comemos em casa é até melhor do que muito restaurante.

Tiago no supermercado de Parma cheio de compras no carrinho
A primeira compra do mês a gente nunca esquece!

Contas de água, luz e gás na Itália

  • Valor: 130 euros/mês

Esta média equivale ao que gastamos durante os meses mais quentes. Vale lembrar que no inverno as contas ficam mais caras por conta do aquecimento.

Transporte público na Itália

  • Valor: 40 euros /mês

Nós nunca pegamos um ônibus aqui em Parma. Fazemos tudo a pé e quando vamos à cidades vizinhas, vamos de carona com amigos.

O valor que colocamos ali em cima, de 50 euros por mês, é referente ao de um cartão mensal de transporte público em Milão (para ônibus e metrô).

Se você também estiver pensando em morar em uma cidade pequena da Itália, aconselhamos muito investir em uma bicicleta ao invés do transporte público. Você consegue encontrar uma por uns 80 euros em uma dessas cooperativas que reciclam bike!

PS: Se for comprar em feiras de rua, pesquise bem e se certifique de não serem bicicletas roubadas!

Sabia que já cruzamos a Itália de bicicleta duas vezes? Na primeira viagem, fomos de Parma até a Eslovênia; já na segunda vez, descemos até a maravilhosa região da Puglia, atravessando a Itália de norte a sul. As duas longas pedaladas foram nossa estreia nas bikes e nos apaixonamos pelo cicloturismo. Não deixe de assitir aos vídeos dessas viagens com imagens lindas de toda a Itália no nosso canal do Youtube!  
Fernanda olhando para tras em frente ao arco de Milão
Fê em Milão

Curso de italiano na Itália

Já que estamos na Itália, o mínimo que podemos fazer é aprender italiano, né?

A boa notícia é que têm muitos cursos de italiano gratuito na Itália.

Nós encontramos em Parma, por exemplo, uma ocupação social (o Art Lab Occupato) que dá aulas de italiano gratuita para imigrantes.

Sabemos que outras cidades como Milão e Bologna também oferecem cursos de italiano gratuitamente. É só procurar direitinho.

Outra opção para quem gosta de estudar sozinho são esses cursos online e gratuitos da USP  e da RAI.

*Olá! Você sabia que é possível reservar seu hotel através do banner do Booking. com no nosso site (esse aí embaixo e na lateral )? Sai exatamente o mesmo preço que pelo site do Booking, mas você nos ajuda a manter o Monday Feelings funcionando 🙂 Muito obrigado! Fe e Ti


Booking.com

Mulher andando na frente da entrada de um museu em Parma
Vida na Itália

Extras

  • Valor: 240 euros/mês

Gastamos uma média de 60 euros por semana para coisas como vinho, um aperitivo (o happy hour italiano que você paga coisa de 7 euros, toma uma cervejinha e come o quanto quiser), um encontro com os amigos, entre outras coisas.

Tiago e Fernanda bebendo uma cerveja em Fontanellato durante um aperitivo
Aperitivo na Itália

Quanto custa morar na Itália: nosso custo mensal total

O nosso custo de vida na Itália mensal sai coisa de 1550 euros, mas vamos arredondar para 1600 euros por mês, que é o que gastamos realmente. Sempre tem um gasto com trem, uma lâmpada que queimou, ou sei lá mais o que.

É isso gente, espero que esse post sobre o custo de vida na Itália tenha ajudado! Se tiver qualquer dúvidas e só entrar em contato pelo getintouch@mondayfeelings.com e não esqueça de seguir a nossa página no instagram para mais dicas e informações!

Boa sorte nos seus planejamentos!


* Texto escrito em julho de 2017 e atualizado em 2023.