O que fazer em ilhabela em 2 dias (ou mais)

Overview of Ilhabela

This post is also available in: English

Conhecida como Ilhabela (assim, tudo junto mesmo), esta é a segunda maior ilha marítima do Brasil, atrás somente da Ilha de Santa Catarina. Fizemos a nossa primeira visita à Ilhabela recentemente e agora preparamos este guia completo com o que fazer em Ilhabela em 2 dias, ou mais. Além de um roteiro para curtir Ilhabela em 2 dias, aqui você encontra uma lista completa das melhores praias, trilhas e cachoeiras, além de dicas valiosas para a sua visita, curiosidades e muito mais.

vista aérea da costa de ilhabela

A bela Ilhabela

O que falar de uma ilha que carrega tanta beleza no nome? As expectativas para visitar Ilhabela já eram altas, mas, ainda assim, foi impossível não nos impressionarmos com o que encontramos. Ilhabela tem mais mais de 80% de seu território sob área de preservação ambiental, sendo uma das maiores porções de Mata Atlântica no Estado de SP! São inúmeras praias de beleza singular, 360 cachoeiras (“uma para cada dia do ano”, como os locais gostam de falar), vilas de pescadores acolhedoras, além de um centrinho histórico super charmoso.

Tivemos apenas dois dias na ilha e deu para conhecer algumas de suas belezas e encantos, mas para quem tem mais tempo disponível, com certeza vale a pena reservar o máximo de dias possível para a viagem, pois há uma porção de coisas para fazer em Ilhabela.

O QUE FAZER EM ILHABELA INDEX

Onde fica Ilhabela: como chegar, rota e preço da balsa

A vista da balsa entre São Sebastião e Ilhabela

Ilhabela fica no litoral norte de São Paulo e faz parte do município de São Sebastião, tendo Caraguatatuba de um lado, e Maresias do outro. Ela está a aproximadamente 210 km de São Paulo e a 450 km do Rio de Janeiro.

Para chegar à ilha, é preciso atravessar a balsa, mas se prepare, pois na alta temporada você pode encarar filas de até 7 horas. A travessia da balsa de Ilhabela custa R$ 19 em dias úteis e R$ 28.50 aos sábados, domingos e feriados. Não é possível pagar em cartão, apenas dinheiro ou cobrança automática do tipo Sem Parar. Para se planejar, você pode conferir o site da Dersa para ter certeza do horário e do tamanho da fila.

É possível fugir da fila da balsa de Ilhabela reservando sua travessia com horário marcado e pagando a mais, obviamente. Neste caso, a travessia custa R$ 46.40 (dias úteis) e R$ 65.30 (sábados, domingos e feriados). Os valores variam conforme o número de eixos do veículo. Para agendar seu horário, entre no site da Dersa aqui.

A melhor forma de visitar ilhabela com certeza é de carro, pois assim você terá flexibilidade para explorar melhor a ilha e suas praias mais distantes. Mesmo que você não tenha um carro, considere alugar um para a viagem, você com certeza não irá se arrepender. Faça uma cotação de aluguel de carro!

Como chegar em Ilhabela

Como ir de São Paulo a Ilhabela

Pega a marginal sentido aeroporto de Cumbica e segue até São José dos Campos. Pegar a saída 152 e virar na Av. Mario Covas. Seguir reto até virar a Tamoios e chegar em Caraguatatuba. Siga no mesmo sentido até São Sebastião e até a balsa para atravessar para Ilhabela. Todo o percurso dura em torno de 4h30.

mapa da rota entre São Paulo e Ilhabela

Como ir do Rio de Janeiro a Ilhabela

Pega a Presidente Dutra sentido São Paulo até São José dos Campos. Na saída 150, faça o retorno e siga pela Av. Mario Covas. Seguir reto até virar a Tamoios e chegar em Caraguatatuba. Siga no mesmo sentido até São Sebastião e até a balsa para atravessar para Ilhabela. Todo o percurso dura em torno de 7h30.

Mapa da rota entre Rio de Janeiro e Ilhabela

Roteiro: O que fazer em Ilhabela em 2 dias

Supondo que você tenha dois dias inteiros em Ilhabela, está aqui um roteiro para conhecer lugares bem legais e bonitos da ilha!

Dia 1

Hoje é dia de conhecer as praias do norte de Ilhabela, que são as mais selvagens e, na nossa opinião, mais bonitas que as do sul. A ideia é ir com o seu carro mesmo, começando pela mais distante delas, Jabaquara (esta é a última praia do litoral norte de Ilhabela que é possível visitar com o seu próprio carro). Depois de curtir algumas horas na Praia do Jabaquara, volte fazendo suas paradas como quiser. Nossa sugestão são as Praia Pedra do Sino e a Praia da Armação (Veja mais detalhes sobre as praias do norte no tópico praias). Volte para o seu hotel, tome um banho e saia para dar uma volta no centro histórico, jantar e tomar um drinques.

Dia 2

Hoje é dia de acordar cedo para aproveitar um dos melhores passeios de Ilhabela!

Tome café-da-manhã e saia para fazer o passeio de barco até a praia de Indaiaúba e do Bonete. A Praia do Bonete é considerada uma das mais lindas de Ilhabela e a visita é imperdível. O passeio sai mais ou menos R$ 150 por pessoa. Nós fizemos com o Rodrigo (@Rodrigopirata) e super recomendamos. Ele é caiçara do Bonete, filho e neto de pescadores da Ilha. O passeio dura quase o dia inteiro, retornando ao pôr-do-sol. Volte pro hotel, tome banho e saia para curtir um barzinho e um violão no centro histórico novamente.

O que fazer em Ilhabela a noite

Praia de Ilhabela a noite

A verdade é que Ilhabela é uma região para se curtir durante o dia. Quando o sol se põe, o melhor a fazer é aproveitar a Vila de Ilhabela, que é seu famoso centro histórico. Ali, você vai encontrar muitos restaurantes, bares e lojinhas.

Uma boa dica do que fazer em Ilhabela à noite é um luau em alguma praia do norte, que são seguras e super tranquilas. Nós fizemos o nosso luau na Praia do Sino e foi maravilhoso. Outra dica sobre o que fazer em Ilhabela à noite é passear na Praia Grande, que tem uma orla animada e música ao vivo.

Os melhores passeios de Ilhabela

Praia de Ilhabela com um barco parado na areia

Ficamos bastante impressionados de ver que apesar de Ilhabela ser um destino conhecido, ela é bem rústica e preservada. Só é possível acessar facilmente metade da ilha – zona norte, zona sul e o centro histórico -, todo o resto você só chega de 4×4, barco ou a pé (as trilhas são longas e difíceis).

Apesar da dificuldade em alcançar as partes mais remotas, a gente recomenda o esforço, seja contratando um passeio de barco ou jipe, ou encarando as trilhas, pois é nesses lugares que você encontra os cenários mais interessantes: rios, cachoeiras, mar e montanhas se entrelaçam em meio à Mata Atlântica, e apenas um ou outro vilarejo de pescadores interrompe a paisagem natural.

Há bastante opções de trilhas, passeios de barco privado ou escuna para fazer em Ilhabela. Mas o que você não pode deixar de conhecer é:

Praia da Indaiaúba e Praia do Bonete: Pode ser feito tanto de “superboat”, que leva em torno de 40 pessoas sem flexibilidade de horário ou barco privado. Como éramos em 3 casais, nós pegamos um barco privado por R$ 150 a cabeça para passar o dia. Saímos às 9 am da Praia do Perequê, passando por toda parte sul da ilha até a praia de Indaiaúba. Ficamos um pouco por lá e seguimos para a Praia do Bonete. Comemos, bebemos e nos divertimos e voltamos para o centro em torno das 6 pm. No caminho, o Rodrigo, nosso capitão (@Rodrigopirata), nos contou muitas histórias da ilha, além de ter feito uma parada exclusiva no Buraco do Cação, que é um penhasco onde forma-se uma caverna.

Praia da Fome, Praia do Saco do Eustácio e Praia de Castelhanos: Praia da Fome, Praia do Saco do Eustácio e Praia de Castelhanos: Pode ser feito tanto de “superboat” quanto te barco privado também. Aqui, se faz o caminho contrário, pela parte norte e custa em torno de R$ 180 por pessoa. Para-se na Praia da Fome por 30 min, depois na Praia do Saco do Eustácio por mais 30 min e vai para a Praia de Castelhanos por 4h.

Um opção mais em conta é somente fazer o passeio de escuna, que leva em torno de 120 pessoas para a Praia da Fome e a Praia do Jabaquara.

Jeep para Praia de Castelhanos: Outra opção para quem quer ir até a Praia de Castelhanos mas não gosta muito do balanço do mar é pegar um jipe 4×4 e atravessar o Parque Estadual de Ilhabela. O passeio é muito mais em conta, em torno de R$120 e leva um grupo de 8 pessoas.

As melhores praias de Ilhabela

Placa de bem-vindos a Praia de Indaiauba

Vai ser muito difícil nomear as melhores praias de Ilhabela, mas vamos falar de algumas que valem muito a pena conhecer.

As melhores praias do Norte de Ilhabela:

Praia do Jabaquara – uma das praias mais bonitas de Ilhabela. Tem um ambiente muito selvagem, e é por isso que ela vale tanto a pena. Dá para chegar de carro, uns 45 minutos de estrada de terra batida (20 km da balsa). O caminho não é muito fácil, bem sinuoso e com algumas subidinhas que dava a impressão que meu 1.0 não ia aguentar. Mas, ao final da estrada, o mirante que se tem para ver a praia vale muito a pena. Dá para estacionar na estrada sem pagar nada, mas descer – e depois subir – o morro a pé. Ou estacionar lá embaixo por R$ 60 o carro, preço único.

*Nota: não há devolução do dinheiro se você resolver ir embora por conta dos borrachudos. Ah, caso não tenha ficado claro, tem MUITO borrachudo na Praia do Jabaquara.

Vista 90 graus do canto da Praia do Jabaquara em Ilhabela

Praia da Armação – bom para ir com a família. Possui boa infraestrutura, restaurantes, aluguel de equipamentos esportivos, bastante sombra e até uma capelinha muito fotogênica, a Capela Imaculada Conceição. É possível ver algumas tartarugas no mar e é um ótimo ponto para snorkeling.

Pedra do Sino Beach – Oficialmente é chamada de Garapocaia, possui uma estreita faixa de areia, com muitos quiosques, cadeiras e espreguiçadeiras à beira-mar. Por ser de fácil acesso, não é raro ver essa praia bem cheia. Não deixe de tocar os sinos, quer dizer, bater nas pedras!

As melhores praias do Sul de Ilhabela:

Praia da Ilha das Cabras – Proporciona uma bela vista da Ilha das Cabras, a ilha privada do ex-senador Gilberto Miranda, principalmente dos decks de madeira. Um lugar muito bom para praticar mergulho.

Praia da Feiticeira – Uma praia pequena e muito charmosa. Parece estar sempre lotada, mas é mais porque tem pouco espaço de praia mesmo. Não oferece lugar para comer e beber e é normalmente frequentada por famílias que buscam um ambiente mais tranquilo.

Praia Grande – A praia mais famosa entre os locais da zona sul. Ela é mais econômica para passar o dia, tem bastante espaço e bem estruturada, com quadras esportivas, ciclovia, ducha de água doce, bancos com sombra, restaurantes e quiosques, aluguel de SUP e caiaque e um lindo deck de madeira. Atenção que é praia de tombo.

Praia do Curral – A praia mais famosa entre os turistas. A típica praia para ver e ser visto, com uma ótima estrutura e não tão econômica.

As melhores praias afastadas de Ilhabela (de difícil acesso):

Vista aérea da praia do Bonete
Praia do Bonete

Praia do Bonete – Tem a fama de ser a praia mais linda de Ilhabela. Mas para curtir essa maravilha, você precisa ter coração. Só se chega ali de barco flexiboat, portanto vai ter emoção no caminho no pula-pula das ondas; ou de trilha, que são quase 4h de sobe e desce por mata fechada e aberta. Mas sua praia de areia clarinha e ambiente charmoso valem muito a pena! Há alguns restaurantes rústicos na beira da praia e uma vila que segue atrás. Uma caminhada de 10 min te leva ao “Poço Fundo”, que é um banho de água doce! Fique atento às condições marítimas, pois se o mar ficar bravo, você não consegue ir – ou pior, voltar.

Praia dos Castelhanos – Está entre as paisagens mais famosas de Ilhabela, que é essa praia em formato de coração. O acesso é somente de barco, jeep ou a pé (dá pra ir de bicicleta também). Fica exatamente do outro lado da ilha, atravessando o Parque Estadual de Ilhabela. Tem um mar agitado, uma visão para o oceano e uma extensa faixa de areia. Possui restaurantes, banheiro e uma boa infraestrutura para passar o dia.

Praia da Fome – Ao lado da praia do Jabaquara, com uma mar de cor verde-esmeralda, este é um ótimo lugar para prática de snorkeling. Ali só se chega de escuna ou boat.

Cachoeiras de Ilhabela

Cachoeira de Ilhabela rodeada pela mata
Cachoeira da Praia de Indaiauba

Como já falamos, além das belíssimas praias, Ilhabela tem mais de 360 cachoeiras – “uma para cada dia do ano”, como os nativos gostam de falar. Veja abaixo uma lista com as melhores cachoeiras de Ilhabela:

Cachoeira Paquetá – saindo da Praia do Curral, no sul da ilha. Queda de 3 níveis, onde no topo forma-se uma piscina natural com vista para o mar.

Cachoeira do Veloso – Uma queda de mais ou menos 50 m de altura em 3 níveis. Chega-se ali por uma trilha de pouco mais de 1 km, partindo do Camping do Sítio, na praia do Veloso.

Cachoeira Três Tombos – Conhecida como Cachoeira da Pancada D’Água, no Parque Estadual de Ilhabela. Fica próximo a Praia da Feitiçeira. A trilha passa por parte da Mata Atlântica, ainda bem preservada.

Cachoeira da Friagem – No norte da ilha, a partir da Praia do Viana, é uma trilha de nível difícil, que demanda um guia. A queda da Cachoeira da Friagem forma uma ducha, mas tem muitas pedras escorregadias.

Cachoeira do Gato – No canto esquerdo da Praia de Castelhanos, não tem muita dificuldade para chegar. Não é recomendável banho, pelo deslize de pedras.

Cachoeira da Toca – Bem perto da região da balsa e de muito fácil acesso e bem sinalizada, seguindo a trilha da Praia de Castelhanos. É um dos pontos turísticos mais famoso de Ilhabela, com uma ducha natural de mais de 3 m, um tobogã de 50 metros, banheiros e uma cachaçaria. Por estar em área particular, paga-se uma taxa de R$ 20 para entrar.

Trilhas de Ilhabela

Vista aérea das trilha de ilhabela

Veja abaixo uma lista com algumas das melhores trilhas para fazer em Ilhabela:

Pico do Baepi – Fornece uma visão 360 graus da ilha e é o pico mais famoso de Ilhabela. Tem 1.048 m de altitude e 7 km de distância, sendo todo o percurso rodeado pela Mata Atlântica. Comece cedo, tipo às 6 am, e escolha bem o dia que vai subir. A trilha é bem sinalizada e exige um bom preparo físico para chegar até seu topo. Demora 2h30 para subir e 2h para descer.

Praia do Bonete – Uma trilha de 12km com muitos sobes e desces, exigindo um bom preparo físico. No caminho, você passa por 3 cachoeiras, mais o Mirante do Saquinho. Demora de 4h a 5h para chegar até o Bonete por trilha, portanto saia cedo. É comum fazer a trilha até o Bonete e voltar de barco (R$ 60). Mas não esqueça, dependendo do horário e condição do mar, você pode ficar preso no Bonete.

Agua Branca Waterfall Trail – Fica na entrada da trilha que leva à Praia de Castelhanos. A trilha é leve, mas longa, chegando a 4 km de distância. Como são 5 poços espalhados ao longo da trilha da Cachoeira da Água Branca, você pode optar por fazê-la parcialmente, conhecendo a quantidade de poços que quiser.

Onde se hospedar em Ilhabela

cinco amigos tomando café-da-manhã no hotel Vellin Bromélias em Ilhabela
Tomando o café-da-manhã em Ilhabela

A ilha possui opções de acomodação que vão do rústico até o mais luxuoso. Tem para todos os gostos e bolsos, basta escolher.

Nós ficamos hospedados no Velinn Pousada Bromélias, uma pousada charmosa localizada em uma fazenda histórica datada do começo do século passado. Muito da estrutura do Velinn Bromélias é original e o local conta com piscina, um jardim bem bonito e arborizado e ainda um riacho que passa na propriedade. Apesar de ser um hotel mais rústico, com quartos simples, achamos tudo muito charmoso e confortável, sem contar que os funcionários foram extremamente solícitos e simpáticos. A Velinn Pousada Bromélias fica perto da balsa, no sentido da Cachoeira da Toca – para checar preço e disponibilidade do hotel, dê uma olhada aqui.

Caso você esteja procurando algo mais luxuoso, dê uma olhada no DPNY Beach Hotel and SPA, a acomodação mais famosa e luxuosa de Ilhabela.

Confira outras opções de hotel em ilhabela aqui!

Borrachudos em Ilhabela

Picada de borrachudo em Ilhabela
Olha o tamanho da picada!

Nem tudo nesta ilha idílica são flores e em meio aos moradores simpáticos e paisagens selvagens paradisíacas, você também encontrará um animal terrível capaz de tirar todo o seu sangue e paciência: os borrachudos.

Eles estão por todos os lados (principalmente nas praias mais desertas), são insuportáveis, não há repelente que resolva (mas ajuda) e é assustador ver aquele monte de picada viranda bolotas enormes pelo seu corpo. Chegamos em Ilhabela com o pensamento de “nossa, moraria aqui por alguns meses facil” e saímos com “enquanto estes borrachudos habitarem a ilha, nao dá para morar aqui”. De verdade, prepare-se. Eles são muitos e insuportáveis.

Algumas dicas para se proteger dos borrachudos em Ilhabela:

  • o repelente que melhor funcionou entre nós foi o Extreme. O citroilha, feito na ilha, também funcionou bem. Mas lembre-se de repassar a cada hora, e também sempre que sair do mar.
  • Se você já ouviu a história de que tomar vitamida D afasta esses bichinhos, saiba que é balela… não adianta nada.
  • Eles picam somente durante o dia, com pico no começo da manhã e final da tarde. Sendo assim, você não precisa se preocupar com os borrachudos a noite;
  • As praias mais selvagens e afastadas, obviamente têm mais borrachudos;
  • No verão eles também são mais numerosos;