Itália

This post is also available in: English

NESTA PÁGINA SOBRE VIAGEM NA ITÁLIA VOCÊ ENCONTRA

Informações Básicas sobre a Itália | Quando viajar | Custo de uma viagem à Itália | Filmes para assistir | Nossos Posts

bandeira da italia

Localizada no centro-sul da Europa, a República da Itália é uma península em forma de bota. É cercada pelo Mar Mediterrâneo a sua direita, pelo Mar Adriático a sua esquerda, e pela França, Suíça, Áustria e Eslovênia ao norte. A Itália é um país como nenhum outro. Um destino extremamente artístico, cultural e histórico, que agrada todos os tipos de viajante. Nós moramos na Itália por mais de um ano e já a visitamos inúmeras vezes. O que mais amamos no país é sua diversidade: de norte a sul, leste a oeste, encontram-se costumes, sabores e até mesmo dialetos totalmente únicos. A Itália é o país perfeito para se desfrutar durante todo o ano.

Informações Básicas sobre a Itália

Capital: Roma
População: 60 milhões (2020) (23°)
Posição em território: (72°)
Moeda: Euro
Conversão para o US$: aprox 1.17
Posição em PIB: 28° (495.69 bilhões)
Tomada: 230V (50Hz) dois pinos

Segurança

A Itália é um país bastante seguro. Porém, não vá achando que, só porque é na Europa, não haverá crimes. Lembre-se de que os italianos praticamente formalizaram o crime com sua máfia. No entanto, você será mais suscetível a crimes menores, se não for cuidadoso o suficiente. Por exemplo, não deixe seus pertences sem vigilância, principalmente em estações de trem. Não deixe a chave do carro ao parar nos estacionamentos se tiver bagagem no porta-malas. De preferência, carregue sua carteira e celular no bolso da frente. E sempre viaje assegurado!

Língua

Italiano – Dá para se virar com o inglês básico, mas para se engajar em uma conversa profunda ou longa, você vai ter dificuldades, principalmente no sul.

Religião

Cristianismo (84%), Agnóstico (12%), Islamismo (3%), Outras (1%)

Regiões e cidades

  • Norte – Vale d'Aosta; Piemonte; Liguria; Lombardia; Veneto; Trentino Alto Adige; Friuli Venezia Giulia; Emilia Romagna
  • Centro – Toscana; Umbria; The Marches; Lazio
  • Sul – Campania; Basilicata; Abruzzo; Molise; Pulia; Calabria
  • Ilhas – Sardinia; Sicilia
  • Cidades mais populosas - Roma, Milão, Nápoles, Turino, Palermo /
  • Cidades mais visitadas - Roma, Milão, Nápoles, Veneza, Florença/
  • Top 5 lugares do Monday Feelings - Roma, Nápoles, Veneza, Florença, Bolonha

Visto

Como parte do Acordo de Schengen, todos os 26 países signatários do acordo aboliram suas fronteiras para o movimento livre e irrestrito de pessoas.

veja todos os países que fazem parte do Acordo de Schengen
Áustria, Bélgica, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Látvia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslovaquia, Eslovênia, Espanha, Suécia and Suiça.
Neste caso, para entrar na Itália, basta apresentar qualquer documento de identificação válido. Para estadias acima de 90 dias, você deve se registrar no Ufficio Anagrafe (Cartório).

Nacionalidades exclusas do Acordo de Schengen, podem solicitar um visto em qualquer consulado italiano, ou então na entrada do país.

Quando viajar para a Itália

*A melhor época para viajar para a Itália é de ABRIL a JULHO*

Clima na Itália

Apesar de você poder realmente aproveitar a Itália durante o ano inteiro, ainda há alguns períodos específicos que você deve evitar. Vamos começar com a temperatura: por estar localizada no hemisfério norte, a Itália tem seus meses mais frios em janeiro, fevereiro e março; e os meses mais quentes são junho, julho e agosto. No inverno, principalmente nas montanhas no norte do país, pode ficar muito frio, então, a menos que seu intuito seja viajar no frio - eles têm uma das melhores estações de esqui - é melhor evitar o outono e o inverno. Agosto, por outro lado, pode ficar muito quente e é aconselhável evitar este mês também.

Temperatura aproximada em Milão em °C

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
2 4 9 12 17 20 23 23 19 13 7 3

Temperatura aproximada em Nápoles em °C

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
8 8 10 13 17 20 23 23 20 16 12 9

Temporada

Na Itália existe um feriado chamado Ferragosto, em que todos os italianos tiram férias ao mesmo tempo. Ferragosto é comemorado a partir do dia 15 de agosto até as duas semanas seguintes. Durante esta época, grande parte do país vira um caos (lugares mais turísticos ficam abarrotados, já outras cidades ficam completamente vazias). Portanto, a menos que você seja um contribuinte italiano, não tire suas férias durante este período!

Baixa temporada: Novembro até Março
Média temporada: Abril até Junho e Setembro até Outubro
Alta temporada: Julho até Agosto

gráfico de melhor época para visitar a itália

O que levar

Se você está indo para a estação quente, não se esqueça do protetor solar, chapéu, roupas de banho, chinelos etc.
Se você vai para a estação fria, pense em esquiar e traga roupas adequadas porque vai ficar muito frio.

Custo de uma viagem para a Itália

Econômico vs Luxo

A Itália agrada a muitos bolsos. No entanto, se você estiver vindo de um país com uma moeda bastante desvalorizada, pode não parecer tão barato.

ACOMODAÇÃO

accommodation logo

Econômico - em torno de €10
Médio - em torno de €20
Luxo - em torno de €50+

ALIMENTAÇÃO

food logo

Econômico (pizza, panini) - em torno de €2
Médio (cardápio turístico) - em torno de €15
Luxo (bons restaurantes) - €35+

TRANSPORTE

logo of train

metrô/onibus - em torno de €2
trens/onibus intermunicipais - +/-€15
trens intermunicipais (1° classe) - +/-€70

O que ver na Itália

ARTE E HISTÓRIA

art and history symbol

Império Romano
Florença

ESPORTE E BEM-ESTAR

sports and welness symbol

Águas termais
Ciclismo

CULTURA E ENTRETENIMENTO

culture and entertainment symbol

Igrejas e Capelas
Carnaval

O que comer

pizza
orichiette
Diversos tipos de macarrão

Filmes para assistir

Il Postino

Último testamento artístico de Massimo Troisi (que morreu prematuramente poucas horas após o final das filmagens) e esplêndido elogio à alma mediterrânea, este filme se passa entre Procida, no Golfo de Nápoles, e Salina, nas Ilhas Eólias, na década de 1950. Segue a história de Mario Ruoppolo (Massimo Troisi) que, todos os dias, entrega cartas a Pablo Neruda (Philippe Noiret), em um asilo político da ilha; os dois discutem sobre poesia e ficam amigos. Uma das cenas mais importantes, quando Mário e Beatriz (Mariagrazia Cucinotta) se encontram, se passa na praia de Pozzo Vecchio, no lado oeste da ilha de Procida, onde, na via Marina di Corricella 43, também fica a pousada do carteiro ; a famosa “Casa Rossa” onde mora o poeta fica no distrito de Pollara, na ilha de Salina, onde se passa a maior parte das filmagens na natureza.

Poster do filme Il Postino
Poster do filme Comer, Rezar e Amar

Comer, Rezar e Amar

Baseado nas memórias de sucesso de Elizabeth Gilbert, Comer, Rezar, Amar descreve a Itália como um paraíso clichê de comida e romance. Elizabeth (Julia Roberts) decide sair de sua zona de conforto e partir para uma viagem solo por três países para restaurar seu entusiasmo pela vida. Sua primeira parada é em Roma, onde além de visitar a cidade e seus tesouros culturais, ela descobre o verdadeiro prazer da comida, partindo então para a Índia e Bali. As cenas mais sugestivas de sua estadia romana envolvem comida: como ela tomando um sorvete na Chiesa di Sant'Agnese in Agone, na Piazza Navona (como retratado no pôster do filme), ela almoçando com seu professor italiano em um típico restaurante romano (Antica Trattoria Della Pace) ou ela comendo pizza em uma pizzaria tradicional (L'Antica Pizzeria da Michele) em uma viagem de um dia para Nápoles

La Dolce Vita

Uma obra-prima de Federico Fellini entre as mais famosas da história, A Doce Vida se tornou um ícone Made-in-Italy e um símbolo melancólico da fabulosa Roma dos anos 1960. Este filme memorável conta vários episódios da vida de Marcello (Marcello Mastroianni), um jornalista de fofocas atraído pela vida em sociedade e por belas mulheres. O principal conjunto de eventos é a conhecida Via Veneto (ainda que inteiramente recriada nos estúdios Cinecittà) e seus bares onde frequentam celebridades e gente da classe média. A cena mais celebrada é a de Anita Ekberg tomando banho na Fontana di Trevi: Ekberg faz o papel da desenfreada Sylvia, uma atriz famosa que sai de uma festa para passar a noite passeando pela cidade com Marcello. Este filme guarda várias estreias: além de servir de inspiração para muitos filmes e diretores, levou ao nascimento da palavra paparazzo (do nome de um personagem do filme).

Poster do filme La Dolce Vita
Poster do filme O paciente Ingles

O Paciente Inglês

Um elogio à beleza atemporal da Toscana, este filme se passa em diferentes localidades da região durante a Segunda Guerra Mundial. Depois de ser gravemente ferido em um acidente aéreo, o conde László Almásy (Ralph Fiennes), está hospedado em um claustro abandonado onde Hana (Juliette Binoche), uma jovem enfermeira canadense, uma viúva de guerra, cuida dele. O homem não se lembra de nada sobre seu passado: as únicas dicas para rastrear sua identidade vêm do livro que o misterioso conde carrega consigo. A maioria das cenas foi filmada em Pienza, no Val D’Orcia, entre o Monastero di Sant’Anna em Camprena (hoje um agriturismo administrado pela Diocese), a Piazza Pio II e o Castello di Cosona; cenas ao ar livre foram filmadas em Ripafratta, na província de Pisa, na praia de Forte dei Marmi e Viareggio, onde, dentro do complexo do Principe di Piemonte, foi instalado o consulado britânico.

Artigos