O que fazer em Boipeba Bahia 2022 – um guia completo da Ilha de Boipeba

Vista aerea da costa da ilha de boipeba na bahia cheia de corais
Last updated:

This post is also available in: English

Veja aqui um guia completo com o que fazer em Boipeba Bahia (atualizado para 2022!): como chegar na ilha de Boipeba, onde ficar, passeios imperdíveis e alternativos e muito mais!

Vista zenital do alto de Tiago e Fernanda deitados na praia de Boipeba

A Ilha de Boipeba na Bahia possui algumas das mais belas praias do litoral brasileiro. Sua magia, no entanto, vai muito além das belezas naturais: este é um lugar que preserva uma cultura popular ancestral fortíssima, com uma atmosfera super autêntica e acolhedora.

A Ilha de Boipeba é um destino diferente e você sente isso logo na chegada… por aqui o tempo corre em seu próprio ritmo e até os mais acelerados se rendem ao clima de tranquilidade e aconchego. Não tem como não se apaixonar e neste post você descobre todas as informações que precisa para tirar o melhor proveito da sua viagem à Ilha de Boipeba!

Índice – O que fazer em Boipeba Bahia

Vista aerea do panorama de Ilha de Boipeba

Onde fica Boipeba

A Ilha de Boipeba está localizada na região Sul da Bahia e faz parte do Arquipélago de Cairu.

O arquipélago é formado por 26 ilhas, mas duas delas são bastante notórias, que é a Ilha de Tinharé, onde também se encontra a famosa vila de Morro de São Paulo, e a Ilha de Boipeba, tema deste guia!

A Ilha de Boipeba abriga enormes recifes de corais, praias de areia branquinha e águas cristalinas, uma rica cultura e um ótimo clima durante todo o ano, o que faz de Boipeba um paraíso no Brasil.

Mapa de Boipeba Brasil

As Vilas da Ilha de Boipeba

A Ilha de Boipeba é formada por quatro vilas: Velha Boipeba, Moreré, Monte Alegre e São Sebastião (Cova da Onça), sendo que as mais conhecidas e visitadas são Velha Boipeba e Moreré.

Muita gente (e por muita gente queremos dizer nós, principalmente, rs), tem dúvida sobre a diferença entre Boipeba e Moreré, qual seria a melhor opção para se hospedar durante uma viagem à ilha, qual a distância delas, e etc, e agora a gente te explica direitinho como é cada uma delas!

Velha Boipeba

Vista aerea de Velha Boipeba com o rio e o por do sol ao fundo

Velha Boipeba é a maior vila da ilha e é aqui que você vai encontrar a maior variedade de restaurantes, pousadas, mercados, padaria, etc.

Pra quem gosta de mais infraestrutura, com certeza Boipeba é a parada. O turismo é bem mais presente em Boipeba, mas isso não significa que a vila tenha perdido sua autenticidade.

Boipeba tem uns barzinhos bem legais (adoramos a Casinha Latina), e todas as noites que estivemos por lá rolou um ziriguidum, seja um samba, um forró, ou shows maravilhosos.

Moreré

Vista zenital da vila de Moreré na Ilha de Boipeba

Já a vila de Moreré em Boipeba é muito mais tranquila, tem poucas casas e barracas de praia. Mas é exatamente isso que torna Moreré incrível, pois você acaba tendo um contato muito mais próximo com a natureza. Aliás, prepare-se para o show noturno que é o céu de Moreré! O céu de Boipeba é notoriamente famoso e você entende o porquê em Moreré.

As praias mais bonitas de Boipeba ficam próximas a Moreré e é comum que pessoas hospedadas na vila de Boipeba venham passar o dia em Moreré.

Moreré é bem tranquila, mas isso não significa que não role um agito de vez em quando… pelo contrário! Os nativos curtem uma festança e pegamos uns sambas pé na areia muito bons por lá. A questão é que essas festividades acontecem quase sempre de forma espontânea então não tem muito como prever o que e quando vai rolar.

Se optar por ficar hospedado em Moreré, tenha em mente que:

  • a eletricidade provavelmente acabará em algum momento;
  • não pega sinal de nenhuma operadora;
  • wi-fi funciona, mas não é muito confiável;
  • não há posto de saúde na vila.

Monte Alegre

Vista do alto da Ilha de Boipeba na Bahia cercada de rios e com o sol se pondo no horizonte

Monte Alegre está localizada no coração da ilha, entre Velha Boipeba e Moreré, e é a única vila das quatro que não fica à beira-mar. Por esta razão, ela é bastante montanhosa e cercada pela floresta.

A vila de Monte Alegre é na verdade um quilombo, ou seja, um espaço de resistência e preservação cultural muito importante e que deve ser preservado e respeitado. O local é famosa por sua história e gastronomia original – principalmente o frango caseiro! Se você tem interesse em visitar Monte Alegre, sugerimos conversar com a Manoela, escritora e guia do Quase Nativa. Ela organiza passeios para Monte Alegre e vale muito a pena conhecer!

Leia também:

São Sebastião (Cova da Onça)

Um rio pequeno cortando um mangue fechado cheio de raizes altas que desagua no mar

O nome original desta vila de pescadores é São Sebastião, mas ela é mais conhecida como Cova da Onça. A origem do apelido é incerta, mas há várias lendas sobre o assunto – não deixe de perguntar aos locais sobre isso!

São Sebastião é a vila mais distante de Velha Boipeba e não é muito fácil chegar lá. Você pode ir de barco, caminhando ou então de quadriciclo (pra quem gosta de trekking, o caminho saindo de Velha Boipeba passa por Monte Alegre, onde você pode visitar a comunidade quilombola. Mas certifique-se de ir com um guia e talvez seja melhor organizar a volta de barco ou quadri).

A vila de São Sebastião também é famosa por sua gastronomia, principalmente frutos do mar.

Onde ficar em Boipeba

Tanto Boipeba quanto Moreré são lindas, e o ideal mesmo seria conseguir ficar hospedado um pouco em cada uma delas para curtir as belezas e atmosfera de cada uma. Nós ficamos 3 dias em Boipeba e 3 dias em Moreré e adoramos, mas entendemos que nem todo mundo tem tempo ou paciência para ficar mudando de hospedagem. Neste caso, o melhor é usar apenas uma delas de base e visitar a outra – acho que você já deve saber qual delas combina mais com você depois da nossa descrição aqui em cima 😉

Onde ficar em Moreré

Um bangalo em Morere na ilha de Boipeba com Tiago e Fernanda sentados ao lado da prancha de surf

Em Moreré, ficamos em uma pousada incrível chamada Canto do Moreré, que é o hotel mais sustentável que já nos hospedamos.

Pra começar, conversamos com uma das proprietárias e ela nos garantiu que nenhuma árvore foi arrancada para o projeto, tendo sido aproveitados os espaços naturais da floresta para a construção. Além disso, os bangalôs preservam o estilo arquitetônico das antigas casas dos nativos, ajudando a preservar a memória da ilha. Pra comepletar, o Canto do Moreré recicla quase todos os resíduos que produzem e eles também financiam um projeto de coleta de resíduos sólidos na vila, já que a cidade não tem um.

O Canto do Moreré possui 10 opções de bangalôs de diversos tamanhos, tanto para casais quanto para famílias, incluindo camping em Boipeba. Veja disponibilidade aqui!

Apesar de serem confortáveis e super originais, entendo que a pousada Canto do Moreré não seja para todo tipo de viajante. Outra opção então é o novo hotel Ventos Moreré, com uma proposta mais sofisticada, ainda que bacana (diárias mais salgadas também).

Veja outras opções de hospedagem em Moreré aqui.

Onde ficar em Velha Boipeba

Vista aérea da pousada Mangabeiras no topo da montanha com uma vista para o mar de Boipeba

Em Velha Boipeba, nos hospedamos na Pousada Mangabeiras a convite do hotel e podemos dizer com certeza que esta é uma das melhores pousadas de Boipeba. Os bangalôs são super confortáveis ​​e também possuem uma proposta de hospedagem sustentável muito bacana. Mangabeiras é uma das poucas pousadas de Boipeba com piscina e o café da manhã é simplesmente divino.

A questão aqui é que o preço é bem salgado e a localização do hotel um pouco afastada do centrinho de Boipeba (15 min caminhando), então você acaba ficando um pouco isolado. Para quem quer conforto, paz e sossego, o Mangaeiras é perfeito. Veja disponibilidade aqui.

Outra opção de Pousada em Boipeba é o Céu de Boipeba. Todo em vidro, é cercado pela natureza e oferece uma vista privilegiada do mar e da mata.

Outras opções de hospedagem em Boipeba são a Pousada Tassimirim e a Pousada Horizonte Azul.

Melhor época para visitar Boipeba

Vista aerea da costa da ilha de boipeba na bahia cheia de corais

De abril a julho é temporada de chuva e apesar de não chover o dia inteiro e as temperaturas serem bem agradáveis, talvez seja melhor evitar.

Já a alta temporada vai de dezembro a fevereiro, e embora Boipeba não fique ridiculamente lotada, como a ilha não suporta muitas pessoas, você pode ter dificuldade em encontrar acomodação.

Na nossa opinião, a melhor época para visitar Boipeba é de setembro a dezembro, e de fevereiro a abril. Pra quem quer surfar em Boipeba, julho é o mês certo!

*Turismo sustentável: Sabemos que, infelizmente, viajar fora da alta temporada não é uma opção para todos, mas para quem pode, esta é uma ótima forma de minimizar os impactos do turismo de massa em destinos tão rústicos e naturais como a Ilha de Boipeba. Nem todos sabem, mas viajar fora da alta temporada é uma forma de praticar um turismo mais sustentável. 

As praias de Boipeba

Fernanda andando em uma das praias da Ilha de Boipeba na Bahia

Ao todo, há nove praias em Boipeba para você desfrutar. Caso você tenha vontade de conhecer todas, a gente te explica agora o que esperar de cada uma das praias de Boipeba. São elas:

  1. Boca da Barra;
  2. Outeiro;
  3. Pedrinhas;
  4. Tassimirim;
  5. Cueira;
  6. Moreré;
  7. Bainema;
  8. Castellanos;
  9. Cova da onça

Praia da Boca da Barra

Vista aerea da praia da boca da Barra em Boipeba Velha na Bahia

Essa é a praia mais turística por ser a mais próxima de Velha Boipeba e também o destino final dos barcos. A praia é bastante estruturada, você pode alugar um barco, um stand-up paddle e curtir o pôr do sol onde o rio encontra o mar.

Praia do Outeiro

Se continuar a caminhar desde a Boca da Barra, encontrará a Praia do Outeiro. É uma pequena faixa de areia, mas muito tranquila. Um ótimo local para fugir da multidão da Boca da Barra. Esteja ciente da variação das marés aqui, pois as marés altas podem ocupar a maior parte da areia.

Vista de cima da praia de pedrinhas em boipeba bahia

Praia das Pedrinhas

Depois da Praia do Outeiro, fazendo um pequeno trekking, encontra-se a Praia das Pedrinhas. Essa é uma pequena praia totalmente deserta onde você vai curtir, na maioria das vezes, sozinho. Lembre-se de que não há barracas de praia, apenas você e a natureza.

Praia do Tassimirim

Vista aerea da costa da Ilha de Boipeba no Brasil

Passando pela Praia das Pedrinhas, haverá uma escada de pedra que o levará até a Praia do Tassimirim. Deve ser cerca de 20 minutos a pé. Tassimirim é cercada por recifes de corais, o que a torna muito bonita, mas não é um excelente local para banho. Porém, na maré baixa, forma piscina natural entre os corais, o que é ótimo para curtir.

ATENÇÃO: os corais são seres vivos e você não pode andar sobre eles em hipótese alguma (mesmo nas partes mais próximas da areia que parecem rochas – isso é coral). Evite também aplicar protetor solar antes de entrar em piscinas naturais, pois também é prejudicial

Praia da Cueira

Um pescador colocando fogo embaixo do casco do barco para limpar de pragas em plena praia de Boipeba
Um pescador colocando fogo embaixo do casco do barco para limpar de pragas

Saindo de Tassimirim, continue caminhando e você encontrará a Praia da Cueira. É uma grande praia de areia branca e as águas não são tão calmas. Aliás, na hora certa e na estação certa, é um ótimo spot para surfar em Boipeba.

Praia de Moreré

Vista aerea da praia de Morere mostrando a vila e o mar de Boipeba

Em frente à vila de Moreré, é uma das melhores praias de Boipeba. Aqui, a variação das marés é tão forte que basicamente você tem duas praias diferentes no mesmo lugar ao longo do dia.

Praia de Bainema

Vista aerea de um mar cheio de corais com uma praia larga ao fundo rodeado de mata

Bem ao lado da Praia do Moreré, encontra-se a Praia Bainema, que também conta com uma longa faixa de areia branca e pouquíssima infraestrutura. É ótima para quem curte caminhadas pela praia.

Praia de Castellanos

A praia de Castellanos, ao contrário de todas as outras acima, não é de fácil acesso. Pra chegar lá você pode ir de barco, quadriciclo ou então fazer um trekking pelo manguezal (que é de longe o nosso favorito!). Todo e qualquer esforço será recompensado, pois Castellanos é a praia mais bonita de Boipeba!

Vista aerea da ponta de Castellanos com algumas barraacs na ponta e uns barcos no mar

Na praia de Castellanos, não há eletricidade e é possível acampar, então se você curte este tipo de programa, após o pôr do sol, converse com os donos das barracas de praia pra saber se tudo bem montar sua barraca e curtir a noite ali.

Praia da Cova da Onça

A Praia da Cova da Onça está localizada na Vila de São Sebastião, também conhecida como Cova da Onça. Como mencionado, devido à proximidade com o mangue, não é o melhor local para banho na Ilha de Boipeba.

O que fazer em Boipeba na Bahia

Com tanta praia e tantos programas legais, fica até difícil decidir o que fazer em Boipeba Bahia, né? Então aqui a gente te passa uma lista dos programas mais imperdíveis para você aproveitar ao máximo a sua viagem.

O que fazer em Boipeba Bahia:

1. Aproveitar a Praia de Moreré

Vista aerea da praia de Morere com os corais formando piscinas naturais

2. Ver as piscinas naturais de Moreré.

Na lista de o que fazer em Boipeba Bahia de qualquer pessoa vai constar as piscinas naturais de Moreré. Confesso que acho essa coisa de piscina natural um pouco superestimada (não me mate, rs). As piscinas naturais são lindas, mas não sei se vale a pena pegar um barco e ir até o fundo para apreciá-las. Mas enfim, deixo aqui a dica e fica a critério de cada um.

3. Aproveite as praias ao lado de Moreré

As praias ao lado de Moreré, tanto pra direita, quanto para a esquerda, são lindas e merecem pelo menos uma manhã dedicada a conhecê-las!

4. Faça a caminhada pelo mangue até a Praia de Castelhanos.

Esta atividade é um passeio imperdível e obrigatório em Boipeba. Recomendamos muito Alisson de Moreré Adventure! Não deixe de colocar na sua lista de o que fazer em Boipeba Bahia.

Fernanda andando pelo mangue de Boipeba uma das melhores coisas sobre o que fazer em Boipeba

5. Tour Raízes de Boipeba.

Esta visita guiada foi criada pela escritora e viajante Manoela Ramos, que mora na ilha. A ideia é apresentar o lado mais ancestral e cultural da ilha e alguns dos seus personagens importantes e emblemáticos. O passeio costuma acontecer no final de semana e infelizmente choveu quando estivemos lá, mas é uma das atividades que mais queríamos fazer (quem conseguir, volte depois para nos contar o que achou!).

6. Curta a Praia da Boca da Barra vendo o pôr do sol

Vista aerea da praia da Boca da Barra com o por do sol na Bahia e uma pessoa fazendo stand-up paddle

7. Contorne a ilha de lancha.

Esse passeio em Boipeba é um pouco caro, mas é uma ótima forma de conhecer todas as nove praias da ilha. Vale a pena colocar na lista de o que fazer em Boipeba Bahia.

8. Aproveite Boipeba à noite.

Na maioria das vezes, Boipeba é associada ao dia. Porém, há muitas coisas de o que fazer em Boipeba Bahia a noite também! Como dissemos, a vila tem ótimas atrações noturnas, adoramos especialmente os shows da Casinha Latina.

Noite de Boipeba com bares acessos na praia e um céu de boipeba estrelado

9. Passar um 2 de fevereiro em Moreré.

Dois de fevereiro é o Dia de Iemanjá. Em Moreré, este é um dia lindo e extremamente poderoso. Com certeza, é uma experiência que desejo a todos. Se tiver a oporunidade, essa é uma dica de o que fazer em Boipeba Bahia imperdível!

Tipicas baianas sentadas na frente da estatua de Iemanjá na praia de Morere

Onde comer em Boipeba Bahia

Em Velha Boipeba, há muitas opções de restaurantes. Mas vamos tentar nomear aqui quais os imperdíveis e melhores restaurantes de Boipeba para você.

Pro almoço, um lugar gostoso e com bom custo-benefício é o Zumbi dos Palmares, na esquina da Praça de Santo Antônio. Além disso, a Pizzaria Terra Brazilis também tem comida bem gostosa a um preço bem justo.

Já em Moreré, qualquer barraca de praia é gostosa 0 comemos algumas vezes na Barraca da Praia e adoramos!

Na praia de Castellanos, não deixe de ficar na Barraca da Nega e pedir os pasteis, porção de caranguejos e beber a caipirinha de cacau.

Roteiro o que fazer em Boipeba Bahia 7 dias

  • Dia 1 – Chegar em Boipeba Velha e curtir a praia da Boca da Barra, assistir o pôr do sol e curtir a noite na vila;
  • Dia 2 – Passeio de barco pela ilha;
  • Dia 3 – Caminhada Boipeba Raízes;
  • Dia 4 – Mudar para Moreré e curtir a praia de Moreré
  • Dia 5 – Trekking pelo mangue até a praia de Castellanos
  • Dia 6 – Visita às piscinas naturais de Moreré e talvez Tassimirim.
  • Dia 7 – Partida.

Roteiro o que fazer em Boipeba Bahia 4 dias

  • Dia 1 – Chegar em Boipeba Velha e curtir a praia da Boca da Barra, assistir o pôr do sol e curtir a noite na vila;
  • Dia 2 – Passeio de barco pela ilha;
  • Dia 3 – Trekking pelo mangue até a Praia de Castellanos saindo de Moreré;
  • Dia 4 – Visita às piscinas naturais de Tassimirim ou Moreré pela manhã e saída.

Como ir de Velha Boipeba a Moreré

Praia de Moreré com a maré alta cobrindo o campo de futebol da praia
Veja o campinho de futebol debaixo d’água por conta da maré!

Existem três opções na Ilha de Boipeba para se locomover de uma vila a outra. Você pode:

  • pegar um trator que os agricultores transformaram em transporte público para turistas;
  • alugar um quadricilco;
  • se locomover de barco;
  • ou caminhar.

O ponto de saída do trator fica a 1km do porto de Velha Boipeba. No caminho, não perca o acarajé da Lene, logo antes da esquina do trator. É o melhor!

Boipeba é segura?

A Ilha de Boipeba é super segura e suas quatro vilas preservam muito o clima de comunidade sabe, onde todos se conhecem, se cumprimentam e se respeitam?

Inclusive, temos uma história bem interessante que aconteceu conosco quanto estávamos em Moreré. Estávamos viajando com um amigo e durante a noite de forró na praia no dia de Iemanjá, ele perdeu a carteira, com dinheiro, cartão de crédito e documentos. Por sermos de São Paulo, ele obviamente cancelou os cartões imediatamente.

No dia seguinte, sem esperança alguma, ele voltou para perguntar nas barracas de praia se alguém havia visto ou devolvido a carteira. Um jovem guia turístico local passou por ele e perguntou se ele era o Felipe e, com a afirmativa de nosso amigo, devolveu na hora a carteira. O menino disse que havia encontrado na areia perto da festa e ainda pediu desculpas por ter pego R$ 1 para comprar uma garrafa de água, mas que o resto do dinheiro estava lá. rs. Isso tudo na maior simpatia. Imagina a alegria do nosso amigo! Mas enfim, só para ilustrar o quão segura é a Ilha de Boipeba.

Acredito que o maior perigo que você possa encontrar por lá seja referente à alguma intoxicação alimentar, já que a estrutura é bem rústica e come-se frutos do mar o tempo inteiro. Se essa é uma preocupação para você, uma opção para ficar mais tranquilo pode ser contratar um seguro viagem. Neste caso, recomendamos a Seguros Promo, que é parceira do blog. Sempre usamos e nunca nos deixou na mão! (Leitores do blog tem até 15% de desconto com o código MONDAYFEELINGS5).

Como chegar em Boipeba

Vista aerea 90 graus dos barcos no mar de Boipeba Bahia

Como chegar a Boipeba de carro

Não é possível chegar de carro na Ilha de Boipeba. Então, se você quiser chegar a Boipeba de carro, terá que estacionar seu veículo em uma das cidades próximas, seja Valença, Torrinhas, Camurugi (Porto Graciosa) ou Cairu, e de lá pegar um barco para Boipeba.

Se por acaso você estiver fazendo uma viagem de carro pela Bahia e mesmo assim quiser um carro para chegar em Boipeba, recomendamos alugar com a Rental Cars. Eles funcionam como um buscador e sempre encontram as melhores ofertas entre todas as locadoras do país.

Como chegar em Boipeba de ônibus

Você pode chegar a Boipeba de ônibus chegando em Valença de praticamente qualquer lugar. Abaixo, listamos como chegar a Boipeba saindo de Salvador, Ilhéus, Morro de São Paulo e Barra Grande.

Em Valença, o terminal de ônibus fica a cerca de 1km do porto, onde você pega seu barco. Outra opção é parar em Camurugi e pegar um barco no Porto da Graciosa.

Barco para a Ilha de Boipeba

Fernanda dentro do barco indo para Boipeba

Como mencionamos, não importa como você queira ir para Boipeba, você terá que pegar um barco. Vai depender de onde você vai pegar seu barco e se ele será expresso ou fretado.

Barco de Valença para Boipeba

A travessia custa em torno de R$ 50 por pessoa e leva aproximadamente 1 hora. A primeira lancha geralmente sai às 10h e a última entre 16h e 18h.

Barco de Torrinhas para Boipeba

Torrinhas é um vilarejo muito pequeno que sobrevive praticamente de estacionamento e fretamento de barcos para a Ilha de Boipeba. Você pode fretar uma lancha para Boipeba ou Moreré de lá a qualquer momento, se a maré permitir. Essa opção é mais rápida e, dependendo do número de pessoas, custa o mesmo, já que o preço para fretar uma lancha para 6 passageiros é de R$ 300.

Se você deseja organizar seu estacionamento e barco fretado de Torrinhas, fale com João no +55 75 9986 3068.

Barco do Porto da Graciosa em Camurugi para Boipeba

Você pode pegar uma lancha do Porto da Graciosa por cerca de R$ 30 (ou mais). A viagem para Boipeba levará 40 min e o último barco sai às 17h.

Barco de Cairu a Boipeba

Você também pode alugar uma lancha por um preço bem barato saindo de Cairu. Se for de carro, a estrada é bem melhor do que a que vai para Torrinhas e a vila é bem bonita, com casas coloniais históricas.

Como chegar a Boipeba de avião

Para quem não tem tempo a perder – mas tem dinheiro de sobra – também é possível pegar um aviãozinho em Salvador. Menos de 30 minutos depois e por uma modesta quantia de R$ 900 por pessoa você chegará na Ilha de Boipeba na Bahia.

Como chegar a Boipeba saindo de Salvador

De carro

Para ir à Ilha de Boipeba de Salvador de carro, vá até o Terminal Marítimo São Joaquim em Salvador e pegue a balsa para Bom Despacho na Ilha de Itaparica. Custa R$ 50,60 para um carro normal (64,70 para um carro grande) de segunda a sexta e R$ 71,70 nos finais de semana e feriados (91,40 para carros grandes). A travessia para Itaparica leva aproximadamente 1h e pode ficar bem cheia, então você pode querer reservar seu lugar com antecedência. Consulte aqui as tarifas e horários.

De Bom Despacho, dirija até Valença, Porto Graciosa, Torrinhas ou Cairu e pegue um barco até a Ilha de Boipeba. O estacionamento em Valença é o mais caro. Fomos até Torrinhas e estacionamos nosso carro por R$ 10 (1,85 USD) por noite e fretamos um barco para Velha Boipeba com João.

  • Bom Despacho a Valença – 110km ou 1h50
  • Bom Despacho à Graciosa – 125km ou 2h10
  • Bom Despacho a Torrinhas – 160km ou 3h10
  • Bom Despacho a Cairu – 160km ou 3h

Nosso amigo de Salvador nos disse que, na alta temporada, talvez seja melhor dar uma volta até a BA101 passando por Santo Antônio de Jesus. Você também pode consultar o transfer de Salvador para Boipeba aqui.

Duas garotinhas posando para foto na praia da Ilha de Boipeba

Por transporte público

Também pegue a balsa no Terminal Marítimo São Joaquim em Salvador até Bom Despacho. Custa R$ 5,60 por pessoa de segunda a sexta e R$ 7,40 nos finais de semana e feriados. De lá, você pode pegar um ônibus da empresa Viação Cidade Sol que vai para Valença pagando R$ 35 por cerca de 2h de viagem. Alternativamente, você pode pegar um dos táxis compartilhados do lado de fora da balsa.

Como chegar a Boipeba saindo de Ilhéus

Vista do canto da praia de Boipeba com alguns corais e uma piscina natural

De carro

Para chegar à Ilha de Boipeba a partir de Ilhéus de carro, você pode ir pela BA001 até Valença, Porto Graciosa, Torrinhas ou Cairu e pegar um barco até a Ilha de Boipeba.

  • Ilhéus a Valença – 187km ou 3h30
  • Ilhéus a Graciosa – 175km ou 3h10
  • Ilhéus a Torrinhas – 180km ou 3h20
  • Ilhéus a Cairu – 185km ou 3h20

Por transporte público

De Ilhéus, pegue um ônibus para Valença ou Porto Graciosa e o barco para a Ilha de Boipeba. Veja os ingressos aqui.

Como chegar a Boipeba saindo de Morro de São Paulo

Há lanchas diárias que você pega de Morro de São Paulo até a Ilha de Boipeba. Alternativamente, você pode ir em um 4×4, mas aparentemente a viagem é bastante acidentada e cansativa.

Como chegar a Boipeba saindo de Barra Grande

De Barra Grande, na Península de Maraú, você pode pegar um barco, táxi ou dirigir até Valença, Porto Graciosa, Torrinhas ou Cairu.Quantos dias ficar em Boipeba no Brasil

Boipeba é um lugar para entrar em contato com a natureza. A selvageria e a paisagem intocada ainda são como nenhuma outra. Mas as coisas estão mudando rapidamente, por isso pedimos que viajem para Boipeba com responsabilidade. Fomente os negócios locais, cuide do seu lixo, respeite os locais e evite viagens em massa. Levando tudo em consideração, recomendamos ficar 7 dias em Boipeba.