Península de Maraú Bahia: o que fazer, como chegar, onde ficar e mais

Um verde mar de um lado e uma água escura do outro dividido por um pedaço de terra
Last updated:

This post is also available in: English

Veja aqui um guia de viagem completo com tudo o que fazer na Península de Maraú Bahia, incluindo as principais atividades, valores, como chegar, onde se hospedar e dicas gerais!

Banhada de um lado pelo Oceano Atlântico e do outro pelas águas tranquilas da Baía de Camamu, a Península de Maraú oferece mais de 50km de praias belíssimas, selvagens e praticamente desertas, além de lagoas, cachoeiras, mangues e vilas charmosas. Nós passamos dez dias explorando a Península de Maraú de ponta a ponta e agora te passamos um guia completo de tudo o que tem para fazer por lá.

Península do Maraú index

Vista aérea da praia de Taipu de fora com a areia, os corais o mar e o céu

Turismo sustentável na Península de Maraú

De difícil acesso, a Península do Maraú é um refúgio ainda pouco explorado na costa baiana, o que a torna ainda mais especial. A pandemia no entanto provocou um boom turístico e as coisas parecem estar mudando rapidamente: há muitas obras em andamento e vários projetos sendo desenvolvidos.

A sensação que dá é que a Península de Maraú está em um momento decisivo que pode torná-la referência em turismo sustentável no Brasil; assim como pode acabar sendo dominada pelo turismo de massa, resultando na rápida destruição de sua cultura e biodiversidade.

A gente torce pelo primeiro cenário e sabemos que você também! Por isso, além de um guia de viagens completo sobre a Península de Maraú, aqui você encontra algumas dicas do que fazer e evitar para ajudar a preservar este paraíso.

Vista aérea da Península de Maraú com o mar e as lagoas
Vista aérea da Península de Maraú

Como chegar na Península de Maraú

Península de Maraú onde fica: A Península de Maraú fica a 270 km de Salvador (caminho via Balsa) e a 128 km de Ilhéus. Para quem vem de avião, esses são os dois aeroportos mais próximos.

Vindo de Salvador, a viagem leva aproximadamente 6 horas (considerando a vila de Barra Grande na Península de Maraú como o destino final). Já de Ilhéus, a viagem leva 2h30min (você confere melhor essas distâncias no mapa da Península de Maraú que colocamos abaixo).

Península de Maraú Mapa

Lembrando que as estradas são péssimas – a BA 011 que cruza a Península de ponta a ponta tem 43 km e é toda de terra, com muitos buracos.

O que nos leva a uma questão importante…

Dá para ir de carro para a Península de Maraú?

Para ir de carro para a Península de Maraú vai depender do carro e da época do ano:

  • De dezembro a março o clima fica tão seco que a terra fica fofa, tipo areia de praia, sendo inviável andar com veículo que não seja 4×4.
  • De maio a agosto as chuvas são frequentes e o lamaçal é tão grande que ouvimos falar de períodos em que até mesmo 4x4s atolam.
  • entre estações é possível ir com veículos comuns – nós estivemos lá em abril e em outubro com um Honda Fit e não tivemos problemas.

Fernanda ao lado do carro na estrada de terra da entrada da península de maraú

Como o clima pode ser imprevisível, antes de encarar a estrada da Península com o seu carro, o ideal é ligar para a pousada onde se hospedará para saber sobre as condições da estrada e a previsão do tempo para a sua estadia.

Se a estrada estiver boa recomendamos demais ir de carro. As distâncias na Península são grandes e ter seu próprio veículo permitirá explorá-la bem melhor.

Pra quem vem de avião, dá para alugar um carro no aeroporto de Ilhéus ou então em Salvador. Nós sempre alugamos carro com a Rental Cars, ferramenta de busca parceira do Monday Feelings que garante as melhores opções e ofertas. Faça uma cotação aqui.

E aproveitar a Península de Maraú sem carro?

Tiago e Fernanda no quadriculo na Península de Maraú

É possível aproveitar a Península do Maraú sem carro, mas com restrições. A Península é extensa (são + de 40 km) e tem várias vilas e praias espalhadas que valem a pena conhecer. Sem carro vc fica refém dos táxis, jardineiras (camionete que funciona como transporte coletivo) ou do aluguel de quadriciclo; todas essas opções são caras.

Pra quem vai sem carro, acho que vale se hospedar em Barra Grande, principal vila da Península, onde fica a maioria dos restaurantes, hotéis e mercados, e rola fazer tudo a pé (falaremos sobre isso mais abaixo).

Como chegar de barco na Península de Maraú Bahia

É preciso pegar um ônibus até a cidade de Camamu e cruzar de barco. As lanchas saem de Camamu de segunda a sábado das 6am às 5pm; e de domingo das 7am às 5pm. O valor da passagem é R$ 40 p.p. Fora desses horários, somente com lancha fretada.

*Uma recomedação nossa é viajar sempre assegurado. Se você gosta também de se prevenir, dá uma olhada na Seguros Promo, que sempre usamos e confiamos. Aqui, você consegue comparar os melhores preços de seguro de viagem.

Melhor época para viajar pela Península de Maraú

Vista aérea da praia de algodões durante o por do sol

A época de chuvas na Península de Maraú vai de maio a agosto, então o ideal é evitar essa época, já que pode calhar de chover todos os dias. Além disso, nessa época, as estradas ficam muito ruins e pode ser que você fique ilhado.

Tirando isso, as outras épocas do ano prometem dias de céu azul, sol e talvez um pouco de chuva. Outra dica que damos é tentar conciliar a viagem com a lua cheia ou a lua nova, pois as paisagens da Península são muito influenciadas pelo jogo de marés.

Vilas da Península de Maraú

Vista aérea da Ponta do Mutá num angulo de 90 graus com as aguas batendo das rochas e um mato verde

Barra Grande é a maior e mais bem estruturada vila da Península, mas existem outras boas opções para utilizar como base, como as vilas de Taipu de Fora e Algodões. Escolher onde se hospedar na Península de Maraú vai depender mais do estilo de cada viajante.

Barra grande

Aguas do mar batendo nas pedras ao entardecer na ponta do muta

Barra Grande é onde fica o principal centro turístico da Península, onde você encontra a maioria dos bares, restaurantes, pousadas e mercados. Se você está afim de agitação, Barra Grande é o seu destino na Península de Maraú.

A vila de Barra Grande fica bem na ponta da Penínula, então você tem a opção de explorar a pé as praias mais agitadas do Atlântico ou as águas calmas da Baía de Camamu. Como mencionamos anteriormente, pra quem vai pra Península de Maraú sem carro, é melhor ficar em Barra Grande por conta da infraestrutura.

Veja nossas sugestões de pousadas em Barra Grande mais abaixo no texto.

Taipu de Fora

Areia branca da praia de Taipu de Fora com os corais e um ceu azul

A Vila de Taipu de Fora fica a 7 km de Barra Grande, mas por conta da condição das estradas, uma viagem entre as duas pode demorar até meia hora. Taipu é onde ficam as praias mais bonitas da Península (na nossa opinião), com piscinas naturais belíssimas, coqueirais sombreando a praia e faixas de areia extensas. Não se esqueça que para ver as piscinas naturais em sua melhor condição, tem que ser época de lua cheia ou lua nova, que é quando a maré recua mais.

ATENÇÃO: os corais são seres vivos e você não pode de jeito nenhum caminhar sobre eles (mesmo nas partes mais próximas à areia que parecem rochas – aquilo é coral). Evite também passar protetor solar antes de entrar nas pisicnas naturais pois também é prejudicial

Taipu está crescendo bastante e você já encontra bons bares, restaurantes e beach clubs, mas nada que se compare à Barra Grande, então é uma boa opção para quem prefere férias mais tranquilas, mas sem se render ao isolamento total. Taipu fica mais no meio da Península, a uma distância estratégica das outras praias, então recomendo ir com carro para poder explorar o resto de Maraú.

Veja nossas sugestões de pousadas em Taipu de Fora mais abaixo no texto.

Praia de Algodões

uma garça andando pelos corais da praia de Algodões

Algodões na Península de Maraú tem uma atmosfera diferente. As praias por ali também são lindas, mas o que mais nos chamou atenção é o clima de comunidade que rola por lá… os moradores de Algodões parecem bem preocupados com questões de sustentabilidade e as construções são mais rústicas, rolam feiras de alimentação vegana e vegetariana, entre outras iniciativas bacanas.

Nós ficamos com muita vontade de passar uma temporada em Algodões para poder sentir de perto esse clima de comunidade alternativa construída no paraíso.

Veja nossas sugestões de pousadas em Algodões mais abaixo no texto.

Onde se hospedar: Opções de pousadas na Península de Maraú

Pousada em Taipu de Fora

Dentro da pousada com um corredor cheio de plantas e aberto e os quartos ao lado

Durante os 10 dias que passamos na Península de Maraú, nos hospedamos na Pousada Vila Lua de Taipu, em Taipu de Fora e adoramos cada momento! Os bangalôs são muito bem estruturados, tendo inclusive uma pequena cozinha, salinha para assistir TV e trabalhar, cama de casal e um mezanino com duas camas de solteiro – é perfeito para quem viaja em familia, ou com amigos.

Mas o que mais gostamos na pousada é o atendimento super acolhedor e carinhoso da Totó e da Lívia, proprietária. As duas estão sempre por ali à disposição, fazendo tudo pelos hóspedes. Toda essa atenção e carinho que elas têm pelos clientes pode ser sentido também na forma com que elas cuidam do jardim, da pousada, na preocupação que têm com a comunidade e com a Península como um todo.

Pra quem se preocupa em escolher acomodações sustentáveis, a Vila de Taipu é uma ótima opção de pousada Península de Maraú! Além de reciclarem o lixo, as meninas participam e encabeçam diversos projetos de sustentabilidade na Península. Para uma opção mais econômica, veja a Pousada Manjuba.

Pousadas em Barra Grande

A via lactea e um coqueiro a noite no ceú da península de maraú

Aqui uma seleção de três pousadas bacanas em Barra Grande para você escolher de acordo com o seu orçamento (todas com nota acima de 9,0 no Booking!):

$ – Pousada Brisa da Barra
$$ – Pousada Ponta do Mutá
$$$ – Hotel Villa Balidendê

Pousadas em Algodões

Aqui uma seleção de duas pousadas bacanas em Algodões para você escolher de acordo com seu orçamento:

$ Cabana no Bosque
$$ Pousada na Vila dos Algodões

O que fazer na Península de Maraú

Passar o dia na Ponta do Mutá e ficar até o pôr do sol

Bares na beira da praia da Ponta do Mutá na península de maraú

A Ponta do Mutá é o ponto mais extremo da Península, dividindo o Oceano Atlântico da Baía de Camamu, então você tem a opção de aproveitar dois tipos de praias na Península de Maraú. Por estar localizada em Barra Grande, a vila mais agitada de Maraú, aqui tem vários beach clubs e as praias costumam estar um pouco mais cheias. A dica é ficar até o pôr do sol, que é lindo!

Ver o pôr do sol no Bar da Rô

Sol se pondo no horizonte com um casal no mar e uma folha de coqueiro atravessando a foto

Mais uma dica de pôr do sol; afinal, não é todo dia que se pode ver o sol se pôr no mar da Bahia, então tem que aproveitar! Localizado entre o rio e o mar, o Bar da Rô é parada obrigatória para quem visita a Península do Maraú. Se quiser almoçar, é melhor chegar umas 14 h para pegar uma mesa com vista boa. Os pratos não são baratos, mas a comida é gostosa. Eles também têm uma área de bar caso você queira apenas aproveitar um drink enquanto admira o pôr do sol.

Fazer a Trilha das Bromélias

Um verde mar de um lado e uma água escura do outro dividido por um pedaço de terra

Só é possível fazer a trilha das Bromélias de quadriciclo (quem teima em ir de carro atola). A trilha é um caminho circular que atravessa a mata, onde você vê as incríveis bromélias gigantes, além de passar pela praia e pelas lagoas Azul e do Cassange. É lindo e uma das melhores coisas para quem está buscando o que fazer na Península de Maraú. O passeio pode levar umas 3 horas indo com calma. Recomendo terminar o dia assistindo ao pôr do sol no farol. A diária do quadri custa entre 180 a 250 reais. Nós alugamos com a terra trip.

Curtir as piscinas naturais de Taipu de Fora

Uma formação de piscina natural em meio aos corais com o mar de um lado e coqueiros de outro

Taipu tem uma das melhores praias da Península de Marú! É aqui, inclusive, que ficam as piscinas naturais mais bonitas da Península. Mas lembre-se que para vê-las direito, tem que ser época de lua cheia ou lua nova, que é quando a maré recua mais.

Em frente ao Buda Bar ficam as principais piscinas, mas a praia está repleta delas, então recomendo ir para lá com tempo para caminhar pela praia e ir descobrindo outras piscinas menores e mais vazias.

ATENÇÃO: É sério, os corais são seres vivos e não devemos de jeito nenhum pisar neles. Evite também passar protetor solar para entrar nas piscinas naturais pois também é prejudicial

Curtir o centrinho de Barra Grande

No final da tarde o gostoso mesmo é aproveitar o centrinho de Barra Grande, com seus vários bares, restaurantes, música ao vivo e barraquinhas de comida e bebida. O restaurante que mais gostamos em Barra Grande foi o vegano/vegetariano Merkaba (e olha que nem somos vegetarianos! Mas realmente, o risoto de cogumelos servido no coco estava simplesmente divino!).

Passar um dia na praia de Algodões, Península de Maraú

Vista aérea em 90 graus da praia dos Algodões na península de maraú

Outro passeio imperdível para quem está buscando o que fazer na Península de Maraú na Bahia é visitar a Praia de Algodões.

Se atente à tábua de marés, pois também há piscinas naturais em Algodões. Em Algodões passamos o dia no Tikal Beach Club e amamos. Opções de pratos e bebidas com bom-custo benefício e o lugar é gostoso demais. Os estabelecimentos na praia fecham entre 16h e 17h.

Fazer o Passeio de Lancha das 5 Ilhas

Vista aérea da Ilha do Guigó na península de maraú

Surpreendentemente, esse foi um dos nossos passeios favoritos na Península de Maraú. O passieo dura o dia todo e passa por cinco ilhas, além da cachoeira do Tremembé. Paisagens lindas e um almoço maravilhoso para finalizar o dia! Nós fizemos o passeio com a Princesinha tour e gostamos bastante!

Andar de Stand Up no mangue de Taipu de Dentro durante o pôr do sol

Não conseguimos fazer esse passeio, mas ele nos foi muito recomendou, então vamos deixar a sugestão aqui! Quem conseguir fazer, volta aqui depois pra contar como foi!