Este post também está disponível em: enEnglish

Já  contabilizamos  mais  de 5  Natais longe  de casa, da  família  e dos amigos. Essa  não  é  uma  conta  de que  nos  orgulhamos, mas como tudo tem um lado positivo, a vida nômade nos proporcionou conhecer e vivenciar tradições de Natal malucas bem diferentes das que estávamos acostumados no Brasil.

Mais uma prova de que a existência não passa de um emaranhado de perspectivas e culturas tão diferentes umas das outras, mas que no final, estamos todos atrás da mesma coisa: bons momentos, família, amigos e amor.

Veja aqui então algumas das tradições natalinas mais malucas do mundo!

Tradição de Natal na Irlanda:

tradições natalinas malucas

Ao invés de biscoitos e leite, os irlandeses deixam para o Papai Noel um copo de Guinness! Sem julgamentos, mas imagino que depois de um dia cansativo rodando o mundo e entregando presentes, ele vá curtir mais uma cerveja do que bolachas e leite. rs

Uma nova “tradição” natalina que também tem virado moda na Irlanda é o “12 pubs of Christmas”, um pub crawl entre amigos que acontece na semana do Natal.

Os integrantes devem se vestir à melhor moda natalina e estabelecem regras para cada bar, como por exemplo, no primeiro, ninguém pode falar palavrões, no segundo, só é permitido beber com a mão esquerda e por aí vai.

Definitivamente já sabemos onde passaremos o próximo Natal!

Tradição de Natal na Rússia:

tradições natalinas malucas

Comemorar o Natal na Rússia era proibido durante a época da União Soviética e é por isso que os russos não têm uma árvore de natal, mas sim uma… hum… árvore de ano novo!

O Natal hoje em dia foi liberado, mas de acordo com o calendário Juliano (em vigor na Rússia ao invés do Gregoriano), ele é comemorado no dia 7 de janeiro.

Nós descobrimos isso da pior maneira possível… viajamos para Moscou no Natal de 2013 e tínhamos expectativas de sermos acolhidos por alguma família ou festa. Não preciso nem dizer que passamos o Natal sozinhos, em um restaurante japonês. O dia 25 de dezembro não representa nada na Rússia.

Há também um monte de celebrações malucas de ano novo pelo mundo. Tá curioso? Dá uma olhada aqui.

Tradição de Natal na Ucrânia:

tradições natalinas malucas

* Photo by Marty Gabel *

Os ucranianos enfeitam suas árvores de Natal com teias de aranha (esperamos que de plástico).

Essa tradição é referente à lenda de uma família que não tinha dinheiro para enfeitar sua árvore e ao acordarem no dia 25 de dezembro viram a árvore de Natal cheia de teias de aranha. Ao abrirem a janela da casa, os raios de sol bateram nas teias transformando-as em fios de ouro.

Tradição de Natal na Holanda:

tradições natalinas malucas

* Photo by Tom Jutte *

O Papai Noel (Santaklaas) na Holanda chega um pouco mais cedo, mais precisamente no segundo sábado de novembro. E ele vem de barco da… Espanha!

A cada ano, o Papai Noel escolhe um porto diferente do país para ancorar seu barco, dando assim oportunidade a todas as crianças de conhecê-lo.

Ele também vem acompanhado de ajudantes que têm a cara negra (uma referência à tradições romanas, mas que atualmente dizem às crianças ser por causa do pó das chaminés).

A troca de presentes na Holanda também foge do “normal”, já que acontece no dia 6 de dezembro, um dia antes do que é considerado o Dia do Papai Noel.

Tradição de Natal no Japão:

No Japão, onde menos de 1% da população é cristã, o Natal é comemorado de forma um tanto quanto inusitada…. uma refeição com amigos e família no KFC.

A tradição é tão importante que para conseguir uma mesa no dia de natal em algum KFC do país, terá que reservar com quase um mês de antecedência.

Tudo isso por culpa de uma campanha de marketing de 1974 lançada pela cadeia de fast food que dizia “Kurisumasu ni wa kentakkii!” (Kentuky for Christmas!). Pois é.. a moda pegou mesmo.

Tradição de Natal na Espanha:

Os espanhóis celebram o Natal na noite do dia 24 de dezembro, mas a troca de presentes acontece somente no dia 6 de janeiro, no tão esperado Dia dos Reis Magos.

Tradição de Natal na Catalunha:

tradições natalinas malucas

* Photo by John Maffei *

Uma das figuras importantes do Natal na Catalunha é o “El Caganer” (literalmente “O Cagador”), que nada mais é do que um bonequinho de calças arriadas fazendo cocô.

O caganer está presente em presépios e ruas da Catalunha e acredita-se que ele esteja fertilizando a terra, um sinal de abonância e prosperidade.

Tradição de Natal na Alemanha, Áustria e Suíça:

tradições natalinas malucas

* Photo by « R☼Wεnα » *

Nesses países, o Papai Noel tem uma versão má, o Krampus, que no dia 5 de dezembro, sai aterrorizando as crianças que não se comportaram bem durante o ano.

Acho que é por isso que esses países são tão eficientes. As crianças aprendem desde cedo a fazer tudo certo.

Tradição de Natal na Finlândia:

tradições natalinas malucas

* Photo by Johanleijon *

Tradição de Natal na Polônia:

tradições natalinas malucas

* Photo by Andrzej Szymanski *

O Natal por lá também é comemorado na noite do dia 24 e é tradição começar a ceia quando a primeira estrela aparece no céu.

Mas o legal no Natal polonês é que as famílias montam a mesa da ceia com um lugar a mais, no caso de um visitante inesperado chegar. Isso porque os poloneses acreditam que ninguém deva passar a noite de Natal sozinho.

Bonitinhos, não?