Este post também está disponível em: enEnglish

Que a Rússia é o maior país do planeta, que o russos gostam de vodka e são considerados um povo frio, todo mundo sabe. Mas como aqui no Monday Feelings a gente tenta fugir do senso comum, se prepare para descobrir dez curiosidades reais sobre a Rússia que ninguém desconfia! Já estivemos por lá três vezes e agora preparamos essa coletânea com os fatos mais interessantes e inesperados que aprendemos sobre os russos. 

1 – O lago mais profundo do mundo fica na Rússia 

Curiosidades sobre a Rússia: Baikal, o lago mais profundo do mundo

Lago Baikal, lugar lindo e místico no coração da Sibéria

O Lago Baikal, na Sibéria, é o mais profundo e antigo do planeta. Toda a água do Baikal é capaz de cobrir a superfície da Terra por completo por dois dedos de profundidade. Isso dá aos russos a posse de 20% de toda a água doce não congelada do mundo.

2 – O Alasca já foi da Rússia

curiosidades reais sobre a Rússia

Imagem: Google Maps

Os EUA compraram o território da Rússia em 1867 por US$ 7,2 mi. Ainda hoje existem comunidades russas no Alasca. Eles falam russo, têm passaporte russo, seguem a Igreja Ortodoxa e se identificam muito mais com essa cultura do que com a americana.

3 – A língua russa e o português soam assustadoramente iguais

curiosidades reais sobre a Rússia

“Biblioteca”, mesma pronúncia no português e no russo

A fonética dos dois idiomas é tão parecida que quando estivemos no país, diversas vezes escutamos russos conversando e pensávamos que era português ou outra língua latina. 

E não somos apenas nós que vemos a semelhança… durante nossas viagens pelo mundo, também aconteceu de nos confundirem com russos por conta da nossa línguaSão várias as palavras parecidas entre o russo e o português, como “bilhete”, “passageiro”, “biblioteca”, “catedral”, “temperatura”, “música”, etc (obviamente elas são escritas de maneira diferente, já que o alfabeto é cirílico).

4 – A Rússia tem dentro de seu território 22 Repúblicas Autônomas

curiosidades reais sobre a Rússia

* Foto: Wikipedia *

São 22 “países” dentro da Federação Russa. Esses territórios têm presidente e Constituição próprias, mas respondem ao Kremlin, o governo central em Moscou.

5 – É difícil encontrar banheiros públicos divididos por gênero

curiosidades reais sobre a Rússia

Homens e mulheres frequentam o mesmo banheiro (e viva a igualdade! Será?). Pelo menos foi isso que observamos em quase todos os restaurantes e bares que fomos. Os hotéis e alguns lugares mais turísticos já têm a placa diferenciando a cabine feminina da masculina, mas no geral, é tudo misturado.

6 – Os russos se reúnem no inverno para nadar no gelo

curiosidades reais sobre a Rússia

* Foto do Flickr do Farhad Sadykov *

No feriado religioso de Epiphany (o batizado de Jesus), que acontece no gélido mês de janeiro, os russos se reúnem em rios e lagos congelados das cidades, cavam um buraco no gelo e M E R G U L H A M. Segundo os adeptos, o banho de água gelada (com temperaturas de até -20º C/-4º F) tem propriedades medicinais. O governo e a Igreja Ortodoxa Russa apoiam o evento e sempre tem um órgão do governo, um padre e um médico para supervisionar a maluquice, digo, celebração.

7 – A maior ferrovia do mundo está na Rússia

curiosidades reais sobre a Rússia

Nós dois em Vladivostok, a última parada da nossa viagem pela transiberiana

A Transiberiana tem quase 10 mil km de extensão e passa por 8 fusos horários. Ela cruza praticamente todo o território da Rússia, que tem uma área equivalente a de Plutão! Ou seja, atravessar a Rússia na Transiberiana é – quase – o mesmo que cruzar Plutão. 

Leia também:

8 – São Petersburgo, a “Veneza do Norte”

curiosidades reais sobre a Rússia

É verdade que outros lugares no mundo também são chamados de “Veneza de sei lá onde”, mas acredito que São Petersburgo seja a mais legítima. Ela foi toda inspirada na cidade italiana e os czares russos mandaram construir canais por todos os lados. São tantos os canais em São Petersburgo que atualmente a cidade tem três vezes mais pontes do que Veneza (!).

9 – Hospitalidade russa

curiosidades reais sobre a Rússia

Tiago (no meio) com nossos amigos Kostia e Sergey , que nos receberam em suas casas por duas semanas

Diferentemente do que a maioria das pessoas pensa, os russos são bastante hospitaleiros. Tivemos experiências muito positivas todas as vezes que visitamos o país. Acho que eles são apenas incompreendidos e por isso levam a fama de mal-humorados e frios. Pode acreditar, uma vez que você fizer amizade com um russo, terá uma pessoa em quem contar por toda a vida.

10 – Existem mamutes congelados na Sibéria

curiosidades reais sobre a Rússia

* Foto do flickr da Anna Ghislaine *

Essa é uma das curiosidades sobre a Rússia que mais nos impressionou. Escutamos de alguns donos de galerias de arte no país que na primavera, quando a neve começa a derreter, muita gente viaja para o norte da Sibéria para coletar o marfim de mamutes congelados e revender para artesãos, que os transformam em diferentes artefatos. Triste realidade.

Ficou curioso sobre o assunto? Então dá só uma olhada nessa reportagem interessantíssima sobre os caçadores de mamute na Sibéria (conteúdo apenas em inglês.

11 – Bônus: Os russos comemoram dois Anos-Novos

Os russos seguem o calendário juliano, ao invés do gregoriano adotado pela maioria dos países de tradição católica, como o Brasil. Por conta disso muitas das datas festivas são adiadas em duas semanas, como é o caso do Natal e do Ano-Novo, que na Rússia caem respectivamente nos dias 7 e 14 de janeiro.

A principal comemoração de Réveillon russa ainda é no dia 31 de dezembro, no entanto, é comum as pessoas se desejarem um “Feliz Antigo Ano Novo” no dia 14, uma referência à data comemorada pelos seus ancestrais.

Outra excentricidade é que eles mantêm uma “árvore de ano novo”, ao invés da tradicional “árvore de natal”. Essa é uma consequência da proibição do natal durante a União Soviética. Nessa época, muitos costumes religiosos tiveram que ser modificados para não sofrerem censura do governo. A proibição acabou, mas até hoje os russos têm a árvore de ano novo, que só pode ser desmontada no dia 14 de janeiro

Para saber mais detalhes sobre como os russos e outras culturas comemoram seus natais e viradas de ano, leia: