Este post também está disponível em: enEnglish

O complexo do Parque de Postojnska, que reúne a Caverna de Postojna e o Castelo de Predjama, é o lugar mais visitado da Eslovênia, com quase 1 milhão de turistas anualmente. Esse êxodo de visitantes tem um motivo: a Caverna de Postojna é uma das coisas mais lindas que já vimos na vida.

Ela tem 24 km de extensão, mas apenas 5 km são abertos para o público. O mais legal é que 3,5 km dessa distância são percorridos de trem! Sim, essa é a única caverna no mundo com um trem que leva os visitantes para conhecerem o seu interior. Os outros 1,5 km você faz a pé, com um guia e o passeio inteiro dura 1h30 min.

*Ps: o interior da caverna é frio (10 graus), então vá agasalhado;

*Ps2: todas as fotos foram concedidas pelo departamento de marketing do Parque Postojnska Jama.

O trem que percorre o interior da caverna de Postojna

O trem que percorre o interior da caverna de Postojna

Nós visitamos a Caverna de Postojna durante uma viagem de bicicleta que fizemos da Itália à Eslovênia. Para saber mais sobre nossa primeira experiência de cicloturismo, não deixe de seguir nossas páginas no Facebook, Instagram e o Canal do Youtube, onde postamos vídeos semanais sobre a viagem!

 

Por que gostamos tanto da Caverna de Postojna?

Já tínhamos visitado algumas cavernas durante nossas viagens (destaque para as belíssimas Cango Cave na África do Sul e Ali Sadre no Irã), mas acho que nenhuma é tão majestosa quanto Postojna. Ela é dividida em várias câmaras, galerias e passagens e cada uma delas é única, pois as estalagmites, estalactites e espeleotemas (conhecidas como “cortinas”) que a compõem têm idade, tamanhos, cores e formatos diferentes. O resultado é um espetáculo maravilhoso.

– Também pode te interessar:  

O interior da Caverna de Postojna

Uma das galerias da caverna

O que são estalagmites, estalactites e espeleotemas?

Só pra registrar aqui e te salvar tempo de pesquisa no Google: estalagmites são as colunas dentro da caverna que surgem do chão; já as estalactites são as que surgem do teto. Quando elas se encontram, ficam conhecidas como “colunas” mesmo. Os espeleotemas são um tipo de formação diferente que remete a uma cortina, já que é fina, ondulada e longa (em comprimento, mas não necessariamente em altura).

Uma das colunas na Caverna de Postojna

Espeleotema, ou “Coluna”

O interior de Postojna: as diferentes câmaras

Como falamos, Postojna é formada por diversas câmaras, que mais parecem “cavernas dentro da caverna”. Elas são nomeadas de acordo com sua aparência e algumas são tão impressionantes, bonitas e originais que acabam ganhando destaque durante a visita. As que mais gostamos foram:

  • a Spaghetti hall, que está repleta de pequenas estalactites bem fininhas e frágeis que “caem” do teto;
Spaghetti Hall na Caverna de Postojna

Spaghetti Hall

  • a White hall, toda branca por conta do excesso de calcário e onde está localizada a mais famosa das estalagmites, chamada de “Brilliant”, que com 5 metros, já virou um símbolo da Eslovênia;
White Hall na Caverna de Postojna

White Hall

  • e a Concert Hall, a maior de todas e onde acontecem concertos de música clássica durante as festividades de final de ano, entre outros eventos. Imagina assistir a um show ali que legal?!

Tem muitas outras (são 5km de passeio), mas você vai ter que descobrir quando visitar Postojna. rs. Aí aproveita e nos conta qual foi a sua preferida 😉

O “responsável por esculpir” o interior de Postojna é o Rio Pivka, que percorre o subsolo esloveno até se encontrar com um outro rio e emergir na superfície novamente, dessa vez como o Rio Unica.

Caverna de Postojna

Ponte que passa por cima do antigo Rio Pivka

O que NÃO gostamos da Caverna de Postojna

A fama de Postojna tem seu lado negativo: o número de turistas que visita a atração é muito alto e o controle é baixo. Nosso grupo, por exemplo, tinha umas 50 pessoas, para um único guia e, apesar das súplicas do funcionário para que ninguém tocasse em nada, as pessoas insistiam em encostar em absolutamente todas as estalagmites e estalactites que viam.

Trilho do trem que passa dentro da Caverna de Postojna

Trilho do trem que passa dentro da Caverna de Postojna

Por que não devemos encostar no interior da caverna?

A nossa pele tem uma bactéria que ao entrar em contato com a superfície da caverna, inibe a sua formação. Uma estalactite demora cerca de 30 anos para crescer 1 mm e basta apenas uma encostada para destruir esse processo. Imagina então o impacto negativo naquele ambiente por conta do descaso de seus visitantes…

Falamos com várias pessoas sobre isso, afinal a Eslovênia se orgulha do título de “país mais sustentável da Europa” e aquele episódio nos decepcionou bastante. O que nos falaram é que apenas ¼ da caverna é aberta para o turismo, o resto está protegido e fora do alcance do público.

Caverna de Postojna

Interior da Caverna

Olms, os habitantes de Postojna

Os olms são tipo uma salamandra albina cega e pré-histórica que vive no interior da caverna. Elas podem viver até 100 anos, chegam a 25 cm de comprimento e sobrevivem até 10 anos sem serem alimentadas (é tipo o animal de estimação ideal para quem viaja muito). As pessoas antigamente achavam que elas eram filhotes de dragões e até hoje elas são chamadas de Baby Dragons. Rs.

Olms, ou Baby Dragons na Caverna de Postojna

Baby dragon

Em 2016 uma fêmea botou 50 ovos (dos quais 22 nasceram. Eee!), levando o país e a comunidade internacional a uma verdadeira comoção. Os olms se reproduzem a cada década e nunca antes tinha-se acompanhado esse processo.

No fim do passeio fica um aquário onde você pode ver alguns baby dragons. Mais um vez, apesar do guia pedir para que ninguém apontasse a luz para os bichos (eles são sensíveis a ela), várias pessoas não hesitaram em acender as lanternas dos celulares para enxergá-los melhor.

Baby dragon na Caverna de Postojna

Fêmea com os ovos

O Castelo de Predjama

Se você for a Postojna, NÃO DEIXE de visitar o Castelo de Predjama! Sério, esse é o castelo mais fascinante que já conhecemos. Ele foi construído dentro de uma rocha de 123 metros (!) e é o único castelo do tipo em todo o mundo.

Predjama, que em esloveno significa “em frente a caverna” (Pred=em frente; Jama=caverna), data do séc XIII e apesar de não oferecer conforto aos seus – antigos – moradores, era ideal para a segurança exigida na Idade Média. São várias as lendas que rodeiam Predjama e você descobre todas elas durante o tour que faz sozinho com um audio guide (disponível em português).

Castelo de Predjma na Eslovênia

Castelo de Predjma

A mais interessante, entretanto, é a de um suposto príncipe, conhecido como “Robin Wood esloveno”, perseguido por um imperador romano e que ficou sitiado ali por mais de um ano. Apesar da superioridade bélica, as forças do imperador não conseguiam penetrar o castelo, e o príncipe ainda conseguia quebrar o cerco e receber sumplementos e alimentos através de túneis secretos que levavam para dentro da fortaleza.

(ATENÇÃO – SPOILER ALERT 😂) O final não é tão feliz e o Robin Wood acaba assassinado por uma flecha enquanto usava o banheiro do castelo!

*Outra dica é visitar a caverna que fica embaixo de Predjama, que dizem ser muito bonita. O local é ponto de hibernação de morcegos e só tem entrada liberada durantes os meses mais quentes do ano (maio a setembro). Nós estivemos lá em outubro e infelizmente estava fechado.

Festival medieval em frente ao Castelo de Predjama

Festival medieval em frente ao Castelo de Predjama

Como chegar na Caverna de Postojna e no Castelo de Predjama?

A melhor maneira é ir com o seu próprio carro, mas se você estiver dependendo de transporte público, tem um ponto de ônibus bem em frente à caverna. Os ônibus públicos vindos de Liubliana, Koper, Nova Gorica e até mesmo Croácia, param ali. Há também uma estação de trem na cidade de Postojna, e de lá você pode pegar um ônibus para a caverna. Porém, sem dúvidas, um moda mais prático é fechar uma excursão que saia do seu hostel/hotel vindo de qualquer uma das cidades que citamos acima.

Interior da caverna de Postojna

Interior da caverna de Postojna

Como ir de Postojna a Predjama?

As duas atrações estão a 9km de distância uma da outra e o problema é que existe um transfer (incluso no valor do ticket) apenas durante os meses de alta temporada (julho e agosto). No resto do ano, você vai ter que se virar, pedir um táxi, ou ir de bicicleta – como nós!

Onde dormir e comer na Caverna de Postojna?

Todo o complexo tem uma ótima infraestrutura de restaurantes, bares e café. Em frente a entrada de Postojna fica o Hotel Jama, um hotel luxuoso com opções de diárias combinadas com a entrada das atrações (bastante em conta).

Se preferir, no centro da cidade de Postojna também tem vários hotéis e Bed and Breakfasts.

Hotel Jama, ao lado da Caverna de Postojna

Hotel Jama

Preço Caverna de Postojna e Castelo de Predjama:

  • Apenas a caverna: 25,80
  • Apenas castelo: 13,80
  • Caverna + Castelo: 35, 70 euros
  • Caverna + diária no Hotel Jama: 75,90

Para ver todas as opções, acesse aqui.