Como viajar pela Coreia do Sul: dicas de ônibus, metrô, trem, barco e etc

Viagem na coreia do sul, uma moto estacionada em Seul
Last updated:

This post is also available in: English

Quer saber a melhor maneira de viajar pela Coreia do Sul?! Então você veio ao lugar certo, pois hoje te contamos todos os detalhes sobre o transporte na República da Coreia: como funciona o metrô de Seul e outras cidades; como viajar de ônibus, avião, barco ou trem; quais aplicativos e sites acessar para comprar as passagens e muito mais.

Apesar da Coreia ser pequena, o pais é muito bem servido de rodovias e linhas de trem, e eles inclusive já operam com o trem bala há mais de 10 anos! Uma coisa que chamou a atenção no entanto, é que quase ninguém fala inglês por lá… mas fique tranquilo, pois pra compensar, há muitos pontos de informação para turistas e sinalizações para ajudar. Não tem como se perder.

Leia também: 

Viagem Coreia do Sul, a bandeira do pais

Viajar pela Coreia do Sul: Como se locomover dentro das cidades e arredores

Metrô na Coreia do Sul:

Dentro das maiores cidades sul coreanas, a melhor opção para se locomover com certeza são os metrôs. O metrô de Seul por exemplo é um dos mais completos do mundo – extremamente moderno e com informações em inglês.

Atenção, apenas as principais cidades do país possuem esse tipo de transporte. São elas: Seul, Busan, Daegu, Gwangju e Daejeon. Para informações sobre preço do bilhete, horário dos trens, mapas e muito mais, acesse o site oficial do transporte coreano (em inglês). E não deixe de baixar o aplicativo gratuito Subway Korea  para auxiliar sua viagem!

Ônibus municipal na Coreia do Sul:

viajar na Coreia do Sul
Seul

Para as cidades que não possuem metrô, os ônibus são uma ótima alternativa, tanto para alcançar destinos centrais, quanto para pontos turísticos mais periféricos (templos budistas, parques e etc). A tarifa unitária custa em torno de 1500 won (1 dólar) independente da distância percorrida, que pode ser paga em dinheiro ou cartão de transporte ao embarcar. Mais informações, aqui. 

Viagens mais longas – viajar pela Coreia do Sul entre cidades

O trem bala da Coreia do Sul:

Viagem Coreia do Sul

Como comentamos, a Coreia do Sul já opera com o trem bala há mais de 10 anos. O Korea Train Express (KTX) viaja a 350km/h e é possível viajar em pé por um preço mais acessível. Tickets podem ser reservados online pelo site www.letskorail.com.

Ônibus intermunicipais na Coreia do Sul:

Os ônibus de longa distância da Coreia são ótimos e funcionam praticamente 24h/dia. É só chegar na rodoviária e comprar sem problemas. Quem quiser reservar com antecedência, terá que fazer um cadastro prévio e a ajuda de um amigo coreano é mais do que bem-vinda. Para isso, tente o site www.kobus.co.kr

Apesar dos ônibus serem mais baratos que o trem, ainda assim eles são um pouco custosos (como tudo na Coreia do Sul). O preço de uma viagem de Seul a Busan (320km de distância), por exemplo, sai por 24,000 won (22 dólares) na tarifa mais baixa. Há diferentes opções de companhias de ônibus, algumas deluxe e outras básicas. Se estiver atrás das passagens mais econômicas, se certifique de estar pedindo o bilhete correto. Você pode falar para o atendente algo como: “Ilban buspio wonheyo!” (“quero o bilhete para o ônibus básico, por favor”).

Avião na Coreia do Sul:

Viagem Coreia do Sul

As principais cidades coreanas têm aeroporto e os voos, quando comprados com antecedência, não saem muito caro. Para pesquisar passagens, sempre usamos o Skyscanner. 

Carona na Coreia do Sul:

Tínhamos escutado de alguns amigos que moram na Coreia que pegar carona por lá era bem difícil. No entanto, a internet dizia o contrário e resolvemos arriscar. Tentamos duas vezes e, nas duas, demoramos quase uma hora para que alguém parasse. A barreira linguística também foi um grande empecilho, já que muitos não nos entendiam e por vergonha ou falta de paciência, acabavam indo embora.

Viajar pela Coreia do Sul: cruzando fronteiras

Barco:

Sabia que é possível viajar da Coreia do Sul para o Japão, Rússia e outros países vizinhos de barco/balsa? As embarcações saem diariamente de Busan ou Donghae. Para informações, tarifa, horários, rotas e etc, acesse aqui.

Voos:

Essa é a opção mais comum para entrar e sair do país. Todas as principais cidades possuem aeroportos modernos. A companhia nacional, Koren Air, oferece voos confortáveis a preços acessíveis.

Viagem Coreia do Sul
DMZ, a fronteira entre Coreia do Sul e Coreia do Norte

É possível viajar entre Coreia do Sul e Coreia do Norte?

A fronteira entre Coreia do Sul e Coreia do Norte é fechada e NÃO é possível viajar entre os países. Para entrar no vizinho do norte, é preciso ter como ponto de embarque a Rússia ou a China.

Por outro lado, é possível visitar a fronteira entre os dois países, uma região conhecida como DMZ (Korean Demilitarized Zone), uma das áreas mais militarizadas do mundo. A visita à DMZ é uma das principais atividades turísticas da Coreia do Sul e você pode fazer a visita por conta própria ou optar por um tour.

Nós decidimos fazer por conta própria, acabamos nos perdendo no caminho e chegamos tarde demais para fazer as atividades do DMZ, como visita aos túneis, museus, etc; por isso, pra quem quiser chegar sem problemas, recomendamos demais fechar um tour para o passeio – encontramos este aqui com os nossos parceiros do Get Your Guide que tem mais de 1.200 avaliações positivas.

Se conseguir visitar a DMZ, depois volta aqui para contar pra gente o que achou do passeio!

Para finalizar, deixo uma última dica: para quem se interessa sobre a temática do conflito entre as duas Coreias, tem uma série no Netflix chamada “Crash Landing on You” (Pousando no Amor) que aborda o tema de forma bastante inovadora. Dizem que a série é um dos melhores retratos já feitos da vida na Coreia do Norte, pela dramaturgia sul-coreana; isso porque a equipe de produção conta com dissidentes norte-coreanos. Apesar de ser bem novelão dramático, eu amei e mudou bastante a minha percepção sobre o conflito e a vida na Coreia do Norte no geral.

 

*Este guia sobre como viajar pela Coreia do Sul foi escrito em fevereiro de 2017. Atualizado em 2022.