Este post também está disponível em: enEnglish

O Parque Nacional do Kruger, na África do Sul, é um dos mais famosos do continente africano. Ele possui grande diversidade de mamíferos, insetos, pássaros, além de ter uma enorme populações de leões e rinocerontes. Fazer um safári no Kruger é quase garantia de ver muitos animais raros de perto.

A vegetação no entanto, é mais densa do que em outros parques, como o do Serengeti, na Tanzânia, ou do Maasai Mara, no Quênia, o que acaba dificultando um pouco a visibilidade. As dimensões do parque, (do tamanha da Bélgica!), também garantem que os bichos fiquem mais espalhados e por isso a procura não pode parar.

Está planejando sua viagem para a África do Sul? Então não deixe de ler:

safári no Kruger

Girafa atravessando a estrada

safári no Kruger

Leões a espreita de alguma coisa

Safári no Kruger: Quantos dias fazer?

A maioria das pessoas opta por fazer 2 noites e 3 dias de safári (como nós!). Esse tempo costuma ser suficiente para explorar os principais parques e atrações da região e ainda ver quase todos os animais.

Mas, se você ama natureza e tempo não é um problema, nós definitivamente recomendamos ficar por mais tempo, assim dá para se aproximar dos animais e observar melhor a interação entre eles. Cada dia de safári é diferente. Se nós pudéssemos, teríamos passado uma semana lá, fazendo tours de dia e de noite (existe a opção de fazer safári a noite!)

 

Quer saber como é o Kruger? Filmamos um dia inteiro de safári na função do timelapse. São 5 minutinhos de vídeo. Dá o play e aproveite como se estivesse lá! Para mais vídeos, se inscreva no nosso canal do Youtube 🙂 

Safári no Kruger X outros safáris africanos

Um grande diferencial do Kruger em relação a outros parques da África é a infraestrutura. Enquanto os outros safáris estão localizados no meio do nada, ou perto de pequenos vilarejos que não oferecem infraestrutura para o turismo, o da África do Sul fica ao lado de cidades maiores e mais desenvolvidas, com shopping centers, hospitais, agências de turismo e etc.

safári no Kruger

O nosso guia nos contou que isso é consequência do governo Apartheid, que expulsou os indígenas de suas terras e colocou a população branca no lugar, que por sua vez, desenvolveu essas cidades mais modernas. Hoje em dia no entanto, há um programa do governo para garantir que as pessoas expulsas de suas terras recebam uma porcentagem do lucro das atividades turísticas que se desenvolveram. De qualquer maneira, o Kruger tem uma maior infraestrtura do que outros parques que visitamos e é mais fácil se virar sozinho por ali.

safári no Kruger

Fazendo o safári no Kruger com o seu próprio carro

Muita gente não sabe, mas no Kruger é possível fazer o safári sozinho (sem um guia!), o que além de divertido, sai muito mais em conta. Você pode ir com seu próprio carro ou alugar um nas redondezas. É verdade que optar por um guia proporciona o conforto de estar acompanhado de uma pessoa treinada, que irá contar detalhes sobre a vida animal e também te levar no esconderijo exato de alguns bichos. Mas para os que não podem gastar os cerca de $400 dólares por um pacote de 3 dias no Kruger, fazer o game drive sozinho pode ser uma alternativa viável.

E não precisa ter medo de se perder, já que o parque é bem sinalizado e conta com estradas relativamente boas. Também é possível conseguir mapas e baixar aplicativos para celular que permitem comunicação instantânea com outras pessoas que estão dentro do parque para pegar dicas de onde ver determinados animais.

safári no Kruger

Espalhadas dentro da reserva natural há algumas facilidades com banheiro, restaurantes e loja de conveniência. Nesses locais, fica à mostra um enorme mapa do parque em que as pessoas podem marcar onde determinados animais foram avistados. O curioso é que é proibido sinalizar rinocerontes, já que esse é um dos animais que correm risco de extinção e que tem sofrido nas mãos de caçadores que vendem seu chifre por milhares de dólares no mercado negro.

safári no Kruger

Quanto custa um Safári no Kruger?

A entrada para o Kruger sai por 60 ZAR (cerca de R$15,50) para sul africanos e por 268 ZAR (cerca de R$70) para outras nacionalidades. Um pacote para três dias, com alojamento, guia e refeições inclusas sai por no mínimo $350 (preço da internet). E a opção de alojamentos é enorme, desde hotéis 5 estrelas que possuem a sua própria reserva natural, com animais caminhando pelo recinto, como outros não tão luxuosos, mas que oferecem bastante conforto.

safári no Kruger

Onde se hospedar para fazer o Safári no Kruger (nossa recomendação)

Visitamos o Kruger National Park durante uma viagem em família. Nessa ocasião optamos por um esquema mais estruturado do que o que normalmente estamos acostumados. Fica aqui então a dica para o excelente hotel que nos hospedamos, o Phelwana Game Lodge (4 estrelas).

Eles possuem uma reserva natural dentro do terreno e as casas ou chalés são espalhados pelo espaço, oferecendo privacidade máxima. Além de super luxuosos e confortáveis você ainda tem a oportunidade de encontrar uma girafa comendo no seu jardim ou um hipopótamo relaxando perto da piscina (como aconteceu com a gente). Um carro te ajuda a percorrer o caminho entre recepção, restaurante, acomodação e entrada. A comida e o serviço também são excelentes.

safári no Kruger