Este post também está disponível em: enEnglish

Chegou o momento, você está com a sua viagem de volta ao mundo marcada e agora é hora de decidir o que levar com você. Uma decisão difícil…. nós passamos 2 anos viajando e, para algumas coisas, estávamos preparados, já para outras, tivemos que aprender na marra. Então vem com a gente que hoje vamos te dar um guia completinho com o que levar em uma viagem de volta ao mundo!

Antes de mais nada você precisa escolher o seu mochilão, então clica aqui no 5 dicas para escolher o mochilão ideal para a sua viagem

O que levar em uma viagem de volta ao mundo

Roupa

Agora vamos ao que interessa: que roupa levar no mochilão em uma viagem de volta ao mundo. Essa pergunta é complicada, pois depende muito dos países que for visitar. Nós, por exemplo, viajaremos pelos 5 continentes e pegaremos todas as estações do ano, logo, precisamos estar preparados para todas as temperaturas.

O que levar em uma viagem de volta ao mundo

Outono gelado na Coreia do Sul

Se sua viagem também incluir invernos rigorosos…  

…sua mala terá que ser um pouquinho maior, para caber as roupas de frio. Não esqueça de levar um casaco impermeável com capuz que sirva para os dias mais frios, chuva e até mesmo neve. Considere a maleabilidade do material, já que é importante que ele seja compacto e não ocupe muito espaço na mala.

Recomendamos muito os casacos conhecidos como puffer, que são aqueles de gominhos, sabe? Eles são leves, compactos, quentes e valem muito o investimento (são vários os modelos, então procure o que melhor atenda suas necessidades).

Um cachecol, uma calça e uma camiseta térmica também são recomendáveis.  Optamos por não levar luva e gorro, já que essas coisas são baratas e se precisar, dá para comprar no caminho. Parece besteira deixar acessórios tão pequenos de fora, mas você vai ver que qualquer economia de espaço é bem-vinda.

Quer saber mais sobre a nossa viagem de volta ao mundo? Conheça o nosso Facebook e Instagram também 😀
Agora, se você for apenas para lugares mais quentes….

O que levar em uma viagem de volta ao mundo

Uma ou duas peças de cada roupa são mais do que suficientes:

  • 1 calça (ou 1 jeans + 1 de pano);
  • 1 short;
  • 1 vestido – pra quem curte 🙂 ;
  • 3 camisetas;

Parece pouco, né, mas você vai se acostumar e inclusive perceber que não ter opção de roupas para escolher é um tanto quanto libertador 🙂 . Esse novo estilo de vida ‘mochileiro’ virá cheio de aprendizado e a primeira lição é o desapego.

Na hora de escolher quais peças de roupa levar com você, a dica é: aquela camiseta “bonitona” que você sempre quer ter com você para uma balada ou festa boa – e que somente usa nesses momentos – deixe-a em casa. Pra ir no mochilão tem que ser “pau pra toda obra”. rs. Escolha roupas versáteis, fáceis de lavar, difíceis de sujar e básicas (que é mais fácil de combinar com tudo).

Seja lá o seu destino, a regra é básica: quanto menos, melhor! Economize em tudo que for possível.

Alguns extras

O que levar em uma viagem de volta ao mundo

Cáucaso

  • 1 roupa de banho: mesmo nos países mais frios, você pode acabar em um spring de água natural, piscina aquecida ou sei lá o que. Obviamente, não precisamos avisar aos que passarão por praia para fazerem o mesmo, né?
  • 1 toalha de banho: nós temos apenas uma para os dois (podem nos julgar, rs, mas economiza um super espaço);
  • 1 canga ou lenço: canga é super versátil e ocupa um espaço mínimo. Você pode usar como roupa, para sentar, deitar;
  • 1 par de chinelos: obviamente 😉
  • 1 bota de trekking à prova d’água: elas podem ser usadas na montanha, em dias de sol, em países frios e na neve, sem contar na durabilidade;
  • 1 óculos de sol.

Nosso caso: o Ti carrega apenas 1 bota de trekking e 1 chinelo; já a Fe tem na mochila 1 bota de trekking, 1 tênis mais leve para o dia a dia e 1 chinelo.

Meias, cuecas/calcinhas

O que levar em uma viagem de volta ao mundo

Sibéria

Leve bastante roupa íntima, porque não é sempre que dá para lavar roupa e esse tipo de coisa não rola repetir, né? – sem contar que não ocupam muito espaço. Nós carregamos uns:

  • 6 pares de meia cada;
  • 8 calcinhas e 2 sutiãs;
  • 8 cuecas.

Objetos de higiene

Levamos apenas o básico e nunca sentimos falta de nada:

  • shampoo (se você for careca como o Ti dá pra viajar sem);
  • condicionador;
  • sabonete;
  • creme hidratante;
  • protetor solar;
  • escova de dentes;
  • pasta.

Lembre-se de colocar tudo em potes de 100ml se não for despachar mala nos aeroportos. Paninhos umedecidos também são uma boa, já que acesso a banheiros limpos nem sempre é fácil. Ah, e ande sempre com um rolo de papel higiênico na lateral da mochila 😉

Acessórios
O que levar em uma viagem de volta ao mundo

Ilhas Gili

  • Barraca para acampar: a não ser que você tenha certeza absolutamente de que não irá acampar. Para os que estiverem na dúvida, vale a pena levar, porque quebra um super galho. Se os hotéis estiverem cheios ou caros, por exemplo, você pode pedir para acampar no jardim pela metade do preço 😉
  • Lanterna de cabeça: acredite, a eletricidade ainda não chegou em todo lugar. A laterna de cabeça é boa para manter as mãos livres, caso queira cozinhar enquanto acampa, ou ler um livro e tal. Se não quiser comprar uma, a lanterna de celular quebra um galho.

Dica: dentro da barraca, coloque a luz embaixo de uma garrafa de 2L com água. A distribuição de luz fica muito boa e serve como uma lâmpada.

  • 1 kit de costura (daqueles que cabem na carteira): nunca se sabe quando sua calça vai rasgar!
Eletrônicos

O que levar em uma viagem de volta ao mundo

  • 1 tablet: é recomendável simplesmente pelos apps que você pode baixar. Sim, eles também podem ser baixados no smartphone, o problema é a memória. Caso seu aparelho tenha memory card com bastante espaço, então não há tanta necessidade de um tablet;
  • 1 celular: para internet, comprar um sim card local e tudo o mais que você já sabe;
  • 1 transformador universal: pra poder carregar suas coisas em qualquer lugar;
  • 1 câmera fotográfica: caso ainda não tenha a sua, tente não cair no conto das máquinas gigantescas, a não ser que você saiba usá-las, claro. Muita gente quer comprar aquelas máquinas enormes porque acha que as fotos sairão melhores. Isso pode ser parcialmente verdade, mas muitas impressionam com o exterior e na verdade tem a qualidade de uma câmera normal.

Nós começamos a viagem com uma Canon SX 280 HD, que pode ser carregada no bolso e foi ótimo. As fotos eram lindas, o zoom super potente e ela era compacta. Com o tempo fomos nos apaixonando por fotografia, aprendendo a tirar foto na função manual e nos interessando mais pelo assunto, e foi somente depois de entender melhor as funções da máquina, que resolvemos comprar uma Nikon DSLR 5300.
 

Pra quem quer manter um blog ou trabalhar remotamente (como nós)…
O que levar em uma viagem de volta ao mundo

Foto aérea na Itália

É aqui que mora o problema, porque os eletrônicos ocupam bastante espaço. Você precisará de:

  • 1 computador de pelo menos 8 Giga de RAM e com uma boa placa de vídeo para as edições de foto e vídeo. Nós começamos nossa viagem somente com um IPad que ganhamos de presente, mas percebemos que por conta do site, precisaríamos também de um computador, para descarregar melhor as fotos e ter funções que os tablets não têm;
  • 1 GoPro com acessórios;
  • 2 HD externos: já ouviu falar que quem só tem um back up, não tem back up nenhum? É bem por aí mesmo. E não adiante ter cloud (ajuda, mas não resolve), porque a maioria dos lugares tem internet super lenta e é difícil subir o material;
  • 2 lentes (pelo menos): 1 teleobjetiva e uma grande angular;

O resto vai depender do tipo de trabalho que você faz. Nós, por exemplo, também temos 1 microfone e 1 tripé para a câmera e, mais recentemente, investimos em um drone DJI Phanton 3 (que vai ser difícil de carregar, mas vamos ver como fica).

Apps

O que levar em uma viagem de volta ao mundo

Três dicas de apps essenciais para ter no tablet ou celular:

  • maps.me”, um mapa offline que funciona muito bem como GPS e mostra inclusive opções de hotel, restaurantes, hospitais e etc. Ele é pesado, mas realmente vale a pena.
  • trail wallet”, para controlar as finanças. Lá você pode colocar seu gasto diário ou gasto total da trip. Pode-se colocar inúmeras viagens também, cada qual com seu orçamento próprio. O app te mostra o quão acima ou abaixo você está, o gasto total, o gasto do mês, te dá a opção de colocar seus gastos em diferentes moedas, mudar o valor do câmbio e etc. Super simples de usar e muito visual. Realmente necessário!
  • cost split”, este é mais para quem viaja em grupo ou com um amigo. Você abre uma conta e as duas pessoas podem ter acesso. Cada um coloca os gastos que tiveram um com o outro e o app calcula automaticamente qual é a dívida. O app também faz diferença de câmbio para facilitar em viagens por países diferentes.
Remédios
O que levar em uma viagem de volta ao mundo

Turistas em Bangkok

Nesse post a gente dá mais detalhes: saúde na viagem: vacinas, seguros e remédios necessários.

Começamos a nossa viagem com um saco imenso de remédios e foi totalmente desnecessário. Leve apenas o básico: tylenol, band-aid, gaze e antiséptico. Farmácia tem em qualquer lugar, se precisar de alguma coisa, você compra 😉 Além do mais, atravessar fronteiras pode ser uam dor de cabeça (pelo menos eles irão servir de algo!).

Mulherada do anticoncepcional, melhor levar estoque para uns três meses pelo menos. Vários países não vendem esse tipo de medicamento sem prescrição médica (Coreia do Sul, Inglaterra e Alemanha, por exemplo.).

O que levar em uma viagem de volta ao mundo

Rússia

Bom, acho que é isso. Agora é colocar tudo no mochilão e pé na estrada! Tente não ficar muito paranóico enquanto decide o que vai e o que fica. No final, você vai perceber que as roupas que vestiu ou deixou de levar serão o que menos lembrará dessa jornada.