Este post também está disponível em: enEnglish

A Armênia e a Geórgia, na região do Cáucaso, são os primeiros países no mundo a adotarem o cristianismo como religião de Estado, ainda no século IV. Nessa época, o Cáucaso era constantemente atacado pelos exércitos mongol, russo, persa e otomano e, para fugir das invasões e perseguições religiosas, os monges buscavam construir seus monastérios em locais isolados e de difícil acesso. E eles não brincaram em serviço, pois é cada construção que você não vai acreditar. Veja aqui então uma lista com os 10 monastérios do Cáucaso que mais gostamos! monastérios na armênia e na georgia

1- Monastério de Khor Virap, Armênia

monastérios na armênia e na georgia

Um dos monastérios mais importantes para os armênios, pois foi aqui que o padroeiro da religião, Santo Gregório, ficou preso entre cobras e escorpiões (cobras = khor / virap = escorpiões) por 13 anos. Além da igreja principal, é possível visitar o calabouço onde Gregório, o Iluminado ficou preso. A área ao redor do monastério também é linda para explorar.

A igreja ainda tem como plano de fundo o Monte Ararat, mencionado na Bíblia como o local onde Noé ancorou sua arca quando passou o dilúvio.

2- Monastério Noravank, Armênia

monastérios na armênia e na georgia

Não apenas o monastério é lindo, mas o caminho também. Para chegar até aqui, você tem que dirigir por formações rochosas, ao lado de um rio e atravessando uma pequena mata. Noravank foi construído no século XIII e tem duas igrejas, cada uma delas com salas e vias de acesso feitas de pedra. Os desenhos esculpidos, tanto dentro como fora das igrejas, são inacreditáveis.

3- Monastério Vardzia, Geórgia

monastérios na armênia e na georgia

Outro monastério que parece ter saído de um filme de fantasia. A Capadócia georgiana é um conjunto de monastérios cavados na montanha.

Foi construído no ano de 1180, época em que o país tentava escapar da invasão mongol. A Rainha Tamar queria um santuário que não pudesse ser encontrado pelos inimigos e ordenou que o monastério, e casa dos monges, fossem cavados nas montanhas (como cavernas).

Você pode explorar quase todo o interior do local. Entre buracos e escadas, você encontrará salas de meditação, quartos dos monges e igrejas com pinturas sagradas conservadas.

4- Monastério Tatev, Armênia

monastérios na armênia e na georgia

foto tirada do site www.panoramio.com

O mais cênico de todos. Fica no topo de uma rocha e para chegar até lá, você pode optar por pegar o maior teleférico do mundo, o Wings of Tatev. A vista, tanto do teleférico quanto do monastério, é de tirar o fôlego.

O lugar ainda é moradia de monges e é reconhecido por ter sido um importante centro de estudos desde a sua construção, no século IX.

5- Monastério de Katskhi Pillar, Geórgia

monastérios na armênia e na georgia

Esse é o mais surreal na nossa opinião. Construíram o monastério no topo de uma rocha estreita de calcário de 40 metros de altura, com vista para um vale. O monastério ainda funciona e você pode visitar, mas tem que subir os sei lá quantos degraus da escadinha de metal presa à rocha. Vai encarar?

6- Monastério Sevanavank, Armênia

monastérios na armênia e na georgia

Monastério na beira do Lago Sevan, um dos maiores lagos de altitude do mundo. São duas igrejas localizadas em uma península, proporcionando vistas infinitas do lago. No terreno, ainda é possível ver vários exemplares das khachkar, as cruzes esculpidas em rochas, tão tradicionais na Armênia.

7- Monastério Geghard, Armênia

monastérios na armênia e na georgia

Monastério medieval esculpido parcialmente dentro da montanha. O local é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO e é um dos nossos favoritos.

A igreja principal é formada por salas amplas e, nas paredes, desenhos esculpidos que te transportam para o passado. A acústica dessas salas é perfeita e o local funcionava no passado como um instituto de música.

O monastério fica ao lado de um rio e é cercado por montanhas. A vista é imperdível.

8- Monastério de Jvari, Geórgia

monastérios na armênia e na georgia

Foto: Luiza Queirós

Construída no século VI, é um Patrimônio Mundial da UNESCO. Jvari fica no topo de uma montanha, observando a cidade de Mtsheta, antiga capital da Geórgia. Ao lado da montanha se dá o encontro dos rios Mtkvari e Aragvi. Jvari era antigamente um templo pagão, em seguida, com o advento do cristianismo, construíram uma cruz, tida como milagrosa. Foi somente no século VI, que ergueram a Igreja de Jvari (Igreja da Cruz), no local dos destroços da cruz.

9- Kazbegi Gergeti, Geórgia

monastérios na armênia e na georgia

Localizado perto do vilarejo de Stepantsminda, no norte da Geórgia, uma das únicas vias de acesso por terra para a Rússia através da famosa Estrada dos militares (Military Road).

O monastério foi construído no século XIX, em cima do Monte Kazbegi, completamente isolado. Durante épocas de invasão, foi para cá que trouxeram as relíquias religiosas de outras igrejas do país, para que ficassem a salvo.

10- Monastério de David Gareja, Geórgia

monastérios na armênia e na georgia

Foto: Luiza Queirós

Mais um complexo de monastérios cavados nas montanhas. São mais de 15 espalhados pela região.

David Gareja foi destruído pelos exércitos mongol e persa em diferentes momentos da história. Hoje em dia está reconstruído e é aberto à visitação.